ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  03    CAMPO GRANDE 26º

Empregos

IBGE abre 2,8 mil vagas para Censo 2021 com salário de até R$ 2,1 mil

Remunerações variam conforme os três cargos disponíveis para trabalhar no Censo, e exigem ensino médio ou fundamental completo

Por Guilherme Correia | 18/02/2021 09:47
Equipamento utilizado por recenseadores, que receberão treinamento do IBGE (Foto: Divulgação)
Equipamento utilizado por recenseadores, que receberão treinamento do IBGE (Foto: Divulgação)

Para realizar a maior pesquisa domiciliar do País, o Censo Demográfico, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) abre 2,8 mil vagas de recenseador, agente censitário municipal e agente censitário supervisor, para visitarem todas as casas de Mato Grosso do Sul e coletar dados sobre a população.

Previsto para ser feito no ano passado, já que esse levantamento é feito a cada 10 anos, o Censo foi adiado para o ano seguinte em decorrência da pandemia da covid-19, já que seu funcionamento poderia expor agentes e a própria população a riscos de infecção pelo coronavírus.

Vagas de recenseador - Conforme o Instituto, as inscrições para recenseador começam em 23 de fevereiro e vão até 19 de março, e podem ser feitas por meio de site oficial (clique aqui), sob pagamento de taxa de inscrição de R$ 25,77. Ao todo, são 2.502 vagas para o Estado.

Para essa função de recenseador, é exigido ensino fundamental completo.

Quem ocupa esse cargo é o responsável por fazer o trabalho da coleta de dados por meio de entrevistas com os moradores, com contrato de até três meses que pode ser prorrogado com base nas necessidades de conclusão das atividades do Censo Demográfico, e na disponibilidade de recursos orçamentários.

A remuneração se dá por produção, com base no número de unidades visitadas, na taxa de remuneração dos setores censitários, no número de questionários respondidos e no número de pessoas recenseadas.

Não há horário fixo, mas espera-se que dedique ao menos 25 horas semanais, inclusive em feriados e finais de semana. O recenseador também terá direito a 13º salário e às férias proporcionais aos dias trabalhados e à produção.

Clique aqui para ler o edital completo.

Agentes censitários - Já para as vagas de agente censitário municipal e agente censitário supervisor, as inscrições começam nesta sexta-feira (19) e vão até 15 de março. Para se inscrever, clique aqui. A taxa de inscrição é de R$ 39,49, e são 313 vagas ao todo.

Para as funções de agente censitário, é exigido ensino médio completo, e a remuneração é de R$ 2,1 mil para agentes censitários municipais e de R$ 1,7 mil para agentes censitários supervisores.

O agente censitário municipal gerencia o posto de coleta e, durante todo o trabalho do Censo, terá de 1) controlar e gerir recursos humanos e materiais do posto de coleta, além de 2) gerir uma equipe de agentes censitários supervisores e recenseadores em que acompanhará e orientará a coleta de dados.

O agente censitário supervisor exerce as tarefas de supervisão da operação censitária, com foco nas questões técnicas e de informática e administrativas. Subordinado ao agente censitário municipal, sua principal função é acompanhar, avaliar e, sobretudo, orientar os recenseadores.

Ao candidato que obtiver melhor classificação será oferecida a vaga de agente censitário municipal. Aos demais candidatos classificados serão asseguradas as vagas de agente censitário supervisor, obedecida a ordem de classificação.dores durante a execução dos trabalhos de campo.

A duração de ambos os contratos é de cinco meses, podendo ser prorrogado, com base nas necessidades de conclusão das atividades e na disponibilidade de recursos orçamentária. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias.

Clique aqui para acessar o edital completo de agentes censitários.

Como é a prova? Serão provas objetivas aplicadas presencialmente em 18 de abril para agente censitário municipal e agente censitário supervisor. Já para recenseadores, as provas serão também presenciais, em 25 de abril.

Conforme o IBGE, os exames seguirão protocolos sanitários de prevenção da covid-19, e são agendados para datas diferentes para que o candidato possa participar dos dois processos seletivos.

As provas para agente censitário municipal e supervisor serão objetivas (questões com alternativas) e terão caráter eliminatório e classificatório. Serão feitas em até quatro horas, no período da tarde, com questões de língua portuguesa (10 questões), raciocínio lógico (10), ética no serviço público (5), noções de administração (15), e conhecimentos técnicos (20).

As provas para recenseador terão o mesmo caráter e duração, e contarão com questões de língua portuguesa (10), matemática (10), ética no serviço públic (5) e conhecimentos técnicos (25).

Quando saberei do resultado? Gabaritos preliminares serão divulgados no dia seguinte à prova, a partir das 18h (de MS), no portal do Cebraspe (Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos).

O resultado final dos aprovados será divulgado em 27 de maio, e a previsão para contratação é em 31 de maio para agentes censitários, e em julho, para recenseadores.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário