ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  19    CAMPO GRANDE 22º

Empregos

Lista suja do trabalho escravo tem 20 empregadores de MS

Por Aline dos Santos | 02/08/2012 15:34

Na versão atualizada até o mês passado, entraram dois novos nomes

A nova edição da “lista suja” do trabalho escravo, divulgada pelo Ministério do Trabalho, traz 20 nomes de empregadores de Mato Grosso do Sul. No ano passado, foram 21 empregadores.

Na versão atualizada até o mês passado, entraram dois novos nomes: Garcia dos Santos, relativo à fazenda São Domingo, em Rio Verde, e Nantes Lenhadora Ltda ME, relativo à fazenda Santa Inês, em Dourados.

Conforme o ministério, em todo o país, o Cadastro de Empregadores que tenham submetido trabalhadores a condições análogas às de escravo tem 398 nomes.

Os nomes são mantidos na lista quando há reincidência, quando o empregador não quitou as multas impostas pela fiscalização do trabalho, e nos casos de ações que estejam tramitando no Poder Judiciário.

Enquanto o empregador está com o nome no cadastro, ele não recebe financiamentos com recursos públicos. Além disso, o setor privado penaliza os infratores por meio do Pacto Nacional com medidas restritivas de relacionamento comercial.

 Lista suja do trabalho escravo tem 20 empregadores de MS
 Lista suja do trabalho escravo tem 20 empregadores de MS
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário