ACOMPANHE-NOS    
MAIO, TERÇA  26    CAMPO GRANDE 12º

Empregos

PRF mantém concurso, mas anula provas de 415 candidatos em MS

Por Caroline Maldonado | 11/06/2014 09:07
Os candidatos esperaram, mas os cadernos não foram entregues (Foto: Bruno Chaves)
Os candidatos esperaram, mas os cadernos não foram entregues (Foto: Bruno Chaves)

Foram anuladas as provas objetivas do concurso da PRF (Polícia Rodoviária Federal), que deveriam ter sido aplicadas no bloco E do Colégio Dom Bosco, em Campo Grande, no dia 25 de maio. As provas para 415 inscritos, que não receberam os cadernos naquele dia, será no dia 22 de junho. Aqueles que vieram de outras cidades a Campo Grande, no dia da prova, têm até 12 de julho para pedir o ressarcimento do valor gasto com transporte, alimentação e hospedagem.

Segundo os candidatos, a prova deveria ter início as 14h10, porém as 14h45 eles foram informados de que as provas daquele bloco haviam sido extraviadas. Muitos deles esperaram até as 18h e não houve prova para 415 candidatos.

Os candidatos fizeram denúncia no MPF (Ministério Público Federal), que firmou um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) com a Funcab (Fundação Professor Augusto Carlos Bittencourt), responsável pelo certame. A decisão foi publicada hoje (11) no DOU (Diário Oficial da União).

Ressarcimento e desistência - Após formalizar o pedido de ressarcimento no site ww5.funcab.org/inicial.asp?id=257, o candidato deve encaminhar cópia da carteira de identidade, do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e comprovantes das despesas para a caixa postal: 100.655, Cep 24.020-971, Niterói/RJ.

Quem desistir de fazer a prova poderá solicitar devolução da taxa de participação até o dia 20 de junho. O candidato deve fazer a solicitação pelo site ww5.funcab.org/inicial.asp?id=257 e encaminhar cópia da identidade e do CPF e os dados bancários para o e-mail concursos@funcab.org.