A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Junho de 2017

18/08/2014 12:00

Treinamento aponta “amarras” e habilidades e transforma pessoas

Informe Publicitário
Celina formou, no sábado (16), primeira turma do treinamento Faça Acontecer (Foto: Marcos Ermínio)Celina formou, no sábado (16), primeira turma do treinamento "Faça Acontecer" (Foto: Marcos Ermínio)

"Faça acontecer” é o nome do treinamento desenvolvido pela coach Celina Moreno, que mudou a vida de muitas pessoas e está com quatro turmas em andamento e iniciando uma nova. A primeira turma concluída, com 12 empreendedoras da beleza, revela o teor transformador do treinamento. Elas ganharam leveza, melhoraram autoestima e aprenderam a se conhecer melhor, após diagnosticar suas “amarras” e as habilidades. Com o conhecimento adquirido, tiveram melhora tanto na vida pessoal quanto na profissional. O serviço é oferecido a homens e mulheres, de todas as idades.

A idealizadora do treinamento, Celina Moreno, formada pela Sociedade Brasileira de Coach desde 2010, desenvolveu o trabalho, a princípio a partir de experiências pessoais de coaching, as quais associou técnicas modernas, depois de perceber que, para avançar, é preciso mais que motivação. “É preciso romper com o que trava a pessoa e a impede de melhorar”. Em resumo, afirma, é preciso transformar-se.

O método começa com o estudo comportamental para detectar as “amarras”, que impedem essa transformação, e as habilidades de cada um, que podem tornar o sucesso um objetivo claro e alcançável. “Muitas vezes, as pessoas não crescem na carreira, não por falta de capacidade, mas por estarem paralisadas diante de situações vividas”, explicou

Dessa forma, um dos objetivos é dotar a pessoa em treinamento de autoconhecimento e ferramentas para o desenvolvimento, tanto na vida familiar quanto no aspecto profissional. Quem melhora em casa, se dá melhor no campo profissional, explica a coach. “Com isso, superamos medos e ganhamos autoestima”, destacou.

No treinamento, Pollyana aprendeu a dar menos valor as opiniões dos outros (Foto: Marcos Ermínio)No treinamento, Pollyana aprendeu a dar menos valor as opiniões dos outros (Foto: Marcos Ermínio)
Para Rylda, curso foi um divisor de águas (Foto: Marcos Ermínio)Para Rylda, curso foi um "divisor de águas" (Foto: Marcos Ermínio)

Na sequência, o foco é descobrir as habilidades e saber usá-las para alcançar as metas, com planejamento e direcionamento. “Temos que ter inteligência emocional para assegurar o autocontrole da mente e prevalecer sobre ela”, aconselha.

Dá certo - Entre as formandas da primeira turma, o relato é de transformações alcançadas. A futura diretora da empresa de cosméticos Mary Kay, Rylda Benevides, de 39 anos, classificou o treinamento como um “divisor de águas” em sua vida. Ela contou enfrentar um “problema pessoal muito grande” que a impedia de crescer e, no encontro individual, pela primeira vez, ela conseguiu se abrir com Celina Moreno. “Ela me mostrou que tornava o problema maior que era e que não precisava carregar esse peso”, contou.

Superado o trauma, Rylda passou para o próximo passo e foi atrás de suas habilidades e, ao mesmo tempo, se concentrou em diagnosticar seu foco. “A gente quer muita coisa e não foca em uma. Aprendi a definir minha meta, planejar para alcançá-la e acreditar no poder das palavras, agora, consigo atrair o que quero”, comemorou.

Outra diretora da Mary Kay, Pollyana Joozadak de 32 anos, também fez o treinamento e aprendeu a lidar melhor com a influência de outras pessoas em sua vida. “Dava muito peso às opiniões das pessoas na hora de decidir algo”, contou.

“No início não dei muito importância, achava que se tratava de algo artificial, mas percebi que o treinamento acrescentou muito em minha vida. Ele me ensinou a lidar melhor com situações pessoais e profissionais e ganhei mais autoconfiança”, ressaltou.

Também diretora da Mary Kay, Djenane Nogueira, de 36 anos, é outra que comemora os resultados. “Com o treinamento, descobri minhas amarras, aprendi a aproveitar melhor as habilidades e percebi a necessidade de definir meus propósitos para alcançá-los”, disse.

Com as ferramentas em mãos, ela “ganhou um novo olhar da vida”. “Estou mais entusiasmada, mais leve e o resultado é um desempenho melhor tanto na vida pessoal quanto profissional, estou, por exemplo, a um passo de realizar mais uma conquista: ganhar uma viagem a Bariloche”, contou.

O treinamento, segundo Celina Moreno, pode ser contratado por empresas ou individualmente. O contato pode ser via e-mail (celina.eventos@gmail.com ou celinamoreno_cpo@hotmail.com).

Celina Moreno desenvolveu treinamento a partir da experiência pessoal e de curso de coach (Foto: Marcos Ermínio)Celina Moreno desenvolveu treinamento a partir da experiência pessoal e de curso de coach (Foto: Marcos Ermínio)
Djenane elencou em caderno suas metas e contou às colegas (Foto: Marcos Ermínio)Djenane elencou em caderno suas metas e contou às colegas (Foto: Marcos Ermínio)
Prefeitura abre 56 vagas para profissionais de educação física
Processo seletivo aberto da prefeitura quer contratar 56 profissionais de educação física para atuar no programa “Movimenta Campo Grande”. Os salário...
Concurso da Câmara de Ribas do Rio Pardo com 20 vagas inscreve até 7 de julho
Terminam no dia 7 de julho as inscrições do concurso público da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo, distante 103 quilômetros de Campo Grande. No ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions