A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

12/02/2010 10:01

Empréstimos do BNDES a indústrias cresceram 126%

Redação

Os empréstimos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para as indústrias de Mato Grosso do Sul cresceram 126% no ano passado comparado a 2008.

No geral, os repasses para o Estado em 2009 foram 93% maiores que os de 2008, aumentando de R$ 1,2 bilhão para R$ 2,3 bilhões.

Para as indústrias, saltou de R$ 803,2 milhões para R$ 1,8 bilhão. Conforme informações do agente do Posto de Informações do BNDES na Fiems, Fábio Fonseca, o aumento confirma o que "o impacto da crise financeira mundial em Mato Grosso do Sul não foi tão devastador quanto se projetava no fim de 2008"

A expectativa para este ano é que as indústrias sul-mato-grossenses prossigam com o processo de modernização e expansão de suas plantas. "Não temos dúvidas de que esse crescimento registrado no ano passado encontrará respaldo nas linhas de crédito disponibilizadas pelo BNDES para a aquisição de novas tecnologias e novos equipamentos e máquinas", reforçou, completando que o número de operações no setor industrial apresentou crescimento de 86% em 2009, saltando de 322 para 599.

Com relação ao porte das empresas que obtiveram desembolsos do BNDES no Estado, os maiores valores foram para as de grande porte, com aumento de 114%, saindo de R$ 929,7 milhões para R$ 1,9 bilhão, seguidas bem de longe pelas pequenas, que tiveram crescimento de 41%, saltando de R$ 67,4 milhões para R$ 95 milhões. "As micro e as médias empresas apresentaram aumento de 33% e 10%, respectivamente, crescendo de R$ 172,1 milhões para R$ 228,6 milhões e de R$ 73,7 milhões para R$ 80,7 milhões", detalhou Fábio Fonseca.

Em relação às operações de todos os setores

Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions