A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

09/03/2012 17:37

Encontro reúne 11 conselheiras de tribunais de conta de todo o País

Wendell Reis
Encontro teve como tema o olhar feminino sobre as contas públicas(Foto: Pedro Peralta)Encontro teve como tema o olhar feminino sobre as contas públicas(Foto: Pedro Peralta)

O TCE (Tribunal de Contas do Estado) realiza na tarde desta sexta-feira (9) o I Encontro de Conselheiras dos Tribunais de Contas do País. O encontro reúne 11 conselheiras de diversos estados. Durante pronunciamento, o presidente do TCE, Cícero de Souza, lembrou que as mulheres são 53% das servidoras da casa e destacou a importância do evento.

Para o presidente do TCE, o encontro promove uma troca de experiência, que engrandece o TCE do Estado, País e, principalmente, a coesão, união e respeito ao cidadão. O conselheiro ressaltou a importância das mulheres que, segundo ele, consegue encontrar soluções para problemas que muitas vezes são ignorados pelos homens. Cícero de Souza aproveitou a oportunidade para dizer que não deveria haver cota mínima para candidatura de mulheres, alegando que a mulher não precisa de cota e deve ter uma participação mais efetiva na política.

A conselheira Marisa Serrano iniciou sua fala lembrando da ex-conselheira Celina Jallad, ressaltando que sua memória está estampada no plenário, que leva o seu nome, mas também no coração de todas as pessoas que sentem sua presença na Casa. Marisa lembrou que o fato da mulher ser maioria no TCE do Estado aumenta a responsabilidade. A conselheira falou da importância da mulher ao destacar que a própria justiça é representada por uma mulher, que buscando a verdade, isonomia e imparcialidade, se aproxima do trabalho realizado no TCE.

“Quando o direito se afasta da justiça, abre caminho para o arbitrário”. A conselheira finalizou suas palavras lembrando que, graças a Deus, as mulheres possuem uma visão diferenciada dos homens e que é preciso conviver com esta dualidade: “Que esta tarde seja marcada neste tribunal como o início de uma nova era”, finalizou.

A subsecretária da Mulher e da Promoção da Cidadania, Carla Stephanini, representou o governador André Puccinelli (PMDB) no evento. Ela também lembrou da ex-conselheira Celina Jallad, ressaltando que ela estaria orgulhosa por estar sendo substituída por uma mulher que tem um compromisso com a sociedade. “A Marisa serve como fonte de inspiração para todas nós mulheres sul-mato-grossenses”.

O encontro teve como tema: “O olhar feminino sobre as contas públicas”. Participaram do evento a ministra do Tribunal de Contas da União, Ana Arraes, deputada Mara Caseiro (PTdoB), deputado federal Edson Giroto (PMDB), vereadora Rose Modesto (PSDB); procurador-adjunto de Contas, João Antônio de Oliveira, conselheira Marli Vinhadeli, presidente do TC/DF e a conselheira Teresa Duere, presidente do TC/PE.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions