A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

14/10/2009 07:50

Enersul repudia ligação à empresa que deve a empregados

Redação

A Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul), através de sua assessoria de imprensa, repudiou nesta quarta-feira a vinculação com a empresa prestadora de serviços ADS Comércio e Construção Ltda, denunciada por funcionários por dever salários, valores de rescisões contratuais e 13º referente a 2008.

A Enersul alega que paga seus fornecedores em dia e que, desta forma, "não deu causa ao fato" da ADS não honrar compromissos com seus funcionários.

Além disso, a Enersul lembrou que a ADS presta serviço para vários outros clientes e que, portanto, não faz sentido vinculação de seu nome com o da empresa.

A ADS pertence ao empresário Eduardo Serrano, irmão da senadora Marisa Serrano (PSDB). Ele foi procurado pelo Campo Grande News , através de seu celular, mas não atendeu e até o fechamento da reportagem não havia retornado a ligação.

A pendência da ADS com seus funcionários foi denunciada pelo Sinergia-MS (Sindicato dos Trabalhadores na Indústria e Comércio de Energia no Estado de Mato Grosso do Sul).

O presidente do sindicato, Elvio Marcos Vargas, explicou que a empresa procurou a entidade em janeiro deste ano e propôs rescindir os contratos, para que os trabalhadores recebessem seguro-desemprego por seis meses.

Neste período, a ADS obteria os recursos para quitar o débito. Segundo Elvio, a proposta foi concretizada após aval do setor jurídico do sindicato. O prazo para o pagamento era até 12 de julho, mas, três meses depois, os trabalhadores ainda não receberam.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions