A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

17/03/2010 10:40

Exame descarta que dengue matou idosa em Dourados

Redação

Exame laboratorial, cujo resultado foi divulgado nesta quarta-feira, descarta que a morte de uma idosa de 84 anos, cuja causa estava sendo investigada, tenha sido provocada por dengue hemorrágica.

Conforme notícia do site Dourados Agora, a mulher, moradora na Vila Seac, morreu no dia 26 de fevereiro.

Hoje há outro óbito sob investigação, de uma garota de 14 anos, moradora do Jardim Água Boa, ocorrido na quinta-feira passada.

Se confirmado, sobe para quatro o número de mortes ocorridas pela dengue no município.

A primeira foi registrada em 8 de fevereiro, uma mulher de 74 anos, residente no Jardim São Pedro; a 2ª, em 20 de fevereiro, outra mulher de 47, moradora na Vila Industrial; a 3ª, em 2 de março, outra mulher de 35, da Vila Seac.

Quanto ao homem, de 47 anos, que morreu na madrugada de segunda-feira no Hospital Santa Rita, a causa deverá ser investigada pela Secretaria Municipal de Juti, de onde ele residia.

Até o momento, das 2.071 notificações da doença em Dourados, 1.066 foram confirmadas, sendo três dengue complicado e três febre hemorrágica.

A doença atinge com mais intensidade 23 bairros, que representam 63,5% dos casos notificados este ano em Dourados. O Jardim Flórida II é o recordista em número de casos, representando 10,7%, com 144 casos notificados.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions