A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

04/02/2016 15:50

Exército colocará militares em 16 cidades em campanha contra dengue

Segundo o Ministério da Defesa, 11 mil soldados devem atuar na ação em Mato Grosso do Sul

Ricardo Campos Jr.
Militares levarão panfletos e falarão sobre a prevenção contra o mosquito transmissor da doença (Foto: Tereza Sobreira/divulgação)Militares levarão panfletos e falarão sobre a prevenção contra o mosquito transmissor da doença (Foto: Tereza Sobreira/divulgação)

Militares da Marinha, Exército e Aeronáutica serão enviados a 16 municípios de Mato Grosso do Sul para orientar a população sobre a prevenção contra o Aedes aegypti, mosquito que transmite dengue, chikungunya e zika vírus. A mobilização das Forças Armadas começará no dia 13 de fevereiro e será realizada em todo o território brasileiro.

Segundo informações da assessoria de imprensa do Ministério da Defesa, foram escolhidos inicialmente os locais com maior incidência das doenças transmitidas pelo inseto e que contam com unidades militares instaladas.

No estado, serão atendidos na ação os municípios de Amambai, Aquidauana, Bela Vista, Campo Grande, Corumbá e Coimbra, Coxim, Dourados, Jaraguari, Jardim, Ladário, Miranda, Nioaque, Ponta Porã, Porto Murtinho e Três Lagoas.

As ações de conscientização terão a participação de 11 mil militares no Estado. Em todo o país, serão 220 mil integrantes das corporações nas ruas. Esta será a segunda etapa da campanha contra o Aedes. Na primeira, foram realizados mutirões de limpeza em 1,2 mil unidades.

Estão previstas ainda, segundo o ministério, outras duas ações. Entre os dias 15 e 18 de fevereiro, 50 mil militares, sob a coordenação do Ministério da Saúde, farão visitas nas residências, acompanhados por agentes de saúde, para inspecionar possíveis focos de proliferação, orientando os moradores e, se for o caso, fazendo aplicação de larvicida em criadouros.

A última etapa, ainda em fase de elaboração com o Ministério da Educação (MEC), prevê a participação de visitas a escolas. A meta é reforçar o trabalho de conscientização das crianças e adolescentes sobre como evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions