A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Novembro de 2017

07/08/2009 12:28

Exumação descarta tráfico de órgãos em Ponta Porã

Redação

A exumação do corpo da paraguaia Tomasa Cabanas, que morreu no dia 19 de junho deste ano, após dar a luz a gêmeos no Hospital Regional de Ponta Porã, descarta qualquer possibilidade de tráfico de órgãos.

A suspeita foi levantada recentemente pela imprensa e chegou ao conhecimento da administração municipal, por meio do cônsul do Paraguai em Ponta Porã, Luis Sosa.

A exumação foi realizada ontem, no cemitério de Pedro Juan Caballero, e acompanhada por vários jornalistas, autoridades paraguaias e profissionais do setor de saúde, além do Judiciário do país vizinho.

O advogado Miguel Angel Martinez Lopez, a pedido do cônsul paraguaio, acompanhou todos os procedimentos da exumação.

O médico forense César Vilhagra efetuou os procedimentos e não constatou irregularidades no corpo da mulher paraguaia.

O caso

Mega-Sena sorteia bolada de R$ 60 milhões nesta noite de sábado
A Mega-Sena acumulada pode pagar neste sábado (25) o prêmio de R$ 60 milhões ao apostador que acertar os seis números da sorte do concurso 1.991, que...
Ministro diz que universidades públicas precisam ter mais alunos pobres
O ministro da Educação, José Mendonça Bezerra Filho, disse que o maior desafio educacional no Brasil é a qualidade do ensino. Para o ministro, melhor...
Enade será realizado no domingo; locais de prova já podem ser consultados
O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017 será realizado neste domingo (26). Os participantes que ainda não sabem onde farão suas pro...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions