ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 25º

Cidades

Falta de capacete gerou suspensão de 472 CNHs em 6 meses

Redação | 16/07/2008 15:00

Embora os motociclistas sejam os mais vulneráveis no trânsito e portanto as principais vítimas dos acidentes, dados do Detran (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) mostram que muitos ainda são descuidados quanto ao principal item de segurança: o capacete.

A falta de capacete para os pilotos ou caronas gerou em Campo Grande o maior número de suspensões de CNH (Carteira Nacional de Habilitação) do primeiro semestre deste ano: 472. A infração é considerada gravíssima pelo Código de Trânsito, gera multa de 180 Ufirs (cerca de R$ 191,00) e suspensão do direito de dirigir.

O comandante da Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito), Edmilson Lopes da Cunha, alerta que, além do não uso do capacete, o uso incorreto também gera a mesma punição. O equipamento, afirma, precisa estar corretamente afivelado e viseira abaixada.

Nos siga no Google Notícias