A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

12/02/2010 10:37

Famílias ganham casas e obra do Cabaça acaba em agosto

Redação

As famílias removidas de uma área invadida, próxima ao córrego Cabaça, receberam hoje 50 casas localizadas no residencial Geraldo Corrêa da Silva, na Vila Maciel.

Quatro unidades são adaptadas para portadores de necessidades especiais. As casas possuem dois quartos, sala, cozinha e banheiro, totalizando 34,8 metros quadrados.

O investimento total na obra foi de R$ 721.259,64, dentro do programa "Moradia Digna".

A acomodação destas pessoas praticamente resolve o problema da desocupação da área. As obras do Complexo Cabaça, que incluem a continuação da Via Morena e o Parque Linear, estão orçadas em R$ 6,2 milhões e contam com recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

Os trabalhos abrangem parte dos bairros Jardim Paulista, Vila Progresso, TV Morena, Vila Carlota e a região da Vila Ieda.

O líder da comunidade, Ramon Ajala, disse que a remoção das famílias resolve um problema de "29 anos de sofrimento". "Convivíamos com chuva, enchente nas nossas casas, e agora tudo isso vai ser solucionado", discursou.

De acordo com o secretário municipal de Governo, Rodrigo de Paula Aquino, a obra do Complexo Cabaça deve ser entregue em agosto. O Parque Linear será batizado com o nome do ex-presidente Juscelino Kubitschek.

Ele garantiu que todas as famílias foram removidas de forma pacífica. "Eventualmente, alguns proprietários que receberam ressarcimento pela desapropriação podem contestar, mas isso é só a respeito do valor. A obra está andando normalmente", informou.

Politicagem

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions