A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

21/06/2014 11:29

Fila de espera por cursos em presídio tem cerca de 1,3 mil presos

Zana Zaidan
Eleuzina não se conforma por não conseguir vaga para o filho estudar (Foto: Marcelo Victor)Eleuzina não se conforma por não conseguir vaga para o filho estudar (Foto: Marcelo Victor)

Considerada "regalia" dentro do Instituto Penal de Campo Grade, para conseguir vaga em um dos cursos oferecidos os detentos precisam enfrentar uma fila de espera de 1,3 mil internos. É o que relata a mãe de um internos, a funcionária pública Eleuzina Crisanto de Lima, 41 anos.

"Há seis meses ele está inscrito nessa lista, e nunca foi chamado. A gente ouve falar em inclusão, mas o que acontece de verdade é uma exclusão. Todos os sábados, quando vou visitar meu filho, ele pergunta 'E aí, mãe, já conseguiu para mim?'", conta. No Penal, 200 vagas são oferecidas para interessados em estudar, afirma ela.

A preocupação de Eleuzina é que o filho "fique ocioso" enquanto cumpre pena. "Acho que é por isso que as pessoas se tornam reincidentes na vida do crime. E quando ele sair, não vai ter oportunidade de voltar a trabalhar, porque está desqualificado", acrescenta.

E, por ora, Hugo não tem data para sair. Preso há sete meses, ele aguarda julgamento pelo crime de furto, cometido com outros quatro jovens, entre eles dois menores. "O processo dele tramitava na 4ª Vara, os casos que envolvem menores de idade foram transferidos com a criação da 7ª. A juíza tem 700 processos a serem julgados, e tem audiências agendadas até novembro, para depois começar a julgar os processos que vieram da 4ª.Vai ficar para o ano que vem, e olhe lá", relata Eleuzina.

Enquanto Hugo está lá dentro, ela sofe do lado de fora. "Dia sim, dia não ligo para a assistente social e ouço sempre a mesma coisa. 'Ainda não tem vaga, mãe'", diz.

O Campo Grande News entrou em contato por celular com o diretor-presidente da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), Deusdete Souza, que informou que não poderia se manifestar sobre o fato por estar em uma reunião.

Carro roubado no RJ é recuperado em estrada rumo ao Paraguai
Um automóvel recentemente roubado no Rio de Janeiro foi recuperado por policiais militares em uma estrada vicinal de Japorã –a 487 km de Campo Grande...
Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions