A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

15/04/2010 12:59

Fiscalização alerta para risco de tatuagem feita em casa

Redação

O Serviço Municipal de Fiscalização Sanitária fez hoje um alerta à população sobre os riscos do atendimento domiciliar oferecido por tatuadores em Campo Grande. Segundo o chefe do Serviço, Antônio Carlos Cardoso, não passa de cinco o número de estúdios que funcionam regularmente na cidade, mas o número de profissionais atuando é bem maior.

"São mais de trinta", afirma Antônio Carlos. Ele explicou que a exigência do alvará sanitário para o funcionamento de um estúdio de tatuagem está levando muitos dos profissionais a atuarem no sistema de "pronto atendimento". Ou seja, os tatuadores vão até a casa dos clientes.

O problema, segundo o chefe da Fiscalização Sanitária municipal, é que o risco de algum tipo de contaminação fica ainda maior. "Principalmente porque não sabemos se os instrumentais utilizados pelos tatuadores estão esterelizados", explica. Além disso, não há controle do próprio ambiente que será usado.

Orientação - A recomendação é fazer procedimentos como tatuagem e colocação de piercing apenas em estúdios que possuam alvará em dia, além de observar as condições de higiene e exigir utilização de material descartável. Menores de 18 anos só podem realizar os procedimentos com autorização dos pais.

A tatuagem, que deixa a pele exposta a germes que podem provocar infecções sérias, também pode ser um meio de transmissão de doenças graves, em razão da utilização de agulha para perfurar a pele e aplicar a tinta.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions