A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Novembro de 2017

22/06/2009 17:41

Fita adia interrogatório de acusado de matar policial

Redação

O juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri e Crimes Dolosos contra a Vida, Aluizio Pereira dos Santos, autorizou a degravação de uma fita encontrada na casa do policial civil Cleidival Antônio Vasques Bueno. Ele é acusado de matar a policial civil Elaine Olando Viana Yamazaki, que trabalhava com ele na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher).

Em audiência hoje, a defesa pediu o adiamento do interrogatório de Vasques, previsto para o dia 30 deste mês, para conhecer melhor o conteúdo da fita. O magistrado acatou o pedido e determinou nova data para o interrogatório, daqui dois meses, às 15h de 25 de agosto deste ano.

Também descartou ouvir quatro novas testemunhas, sendo duas da defesa e duas da acusação. O depoimento de Vera Gomes Bitencourt, previsto para hoje, não ocorreu, porque ela estava viajando. Defesa e Ministério Público Estadual aceitaram desistir de ouvi-la na Justiça.

Nesta segunda-feira, o juiz também determinou apensar aos autos vários documentos, como carnê das lojas Avenida em nome da vítima, boleto bancário de mensalidade, comprovantes de recarga do celular e cartão de Natal, entre outros. Também foram anexados a conte de telefone celular.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions