A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

23/07/2012 18:28

Forças aéreas do Brasil e da Bolívia se unem para treinamento na fronteira

Elverson Cardozo
Aviões A-29 do Esquadrão Flecha. (Foto: Divulgação/BACG)Aviões A-29 do Esquadrão Flecha. (Foto: Divulgação/BACG)
Objetivo é combater o tráfego de aeronaves envolvidas em atividades ilícitas. (Foto: Divulgação/BACG)Objetivo é combater o tráfego de aeronaves envolvidas em atividades ilícitas. (Foto: Divulgação/BACG)

As forças áreas do Brasil e da Bolívia se unem para mais um treinamento na área de fronteira, na segunda edição do Bolbra II, que começou neste domingo (22) e termina na sexta-feira (27).

O treinamento integra o acordo de cooperação mútua entre o governo da república do Brasil e o Estado Plurinacional da Bolívia, firmado em 2005, na Capital La Paz.

O objetivo é combater o tráfego de aeronaves envolvidas em atividades ilícitas, mas o foco principal é o treinamento de pilotos e controladores de vôo.

No Brasil, a sede do exercício será na Base Aérea de Campo Grande. Na Bolívia, o treinamento acontece na cidade de Puerto Suárez, que fica na fronteira com o Brasil, próximo ao município de Corumbá.

Em território brasileiro, o major brigadeiro do ar, Marcelo Mário de Holanda Coutinho, foi designado como o comandante do exercício. Ele é o atual comandante da Comdabra (Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro).

Na Bolívia, o comando do Bolbra II fica sob a responsabilidade do general da brigada Aérea, Weber Gonzalo Quevedo Peña, chefe do departamento III de operações do EMGFAB (Estado-Maior General das Forças Armadas).

Marcelo Mário e Weber Gonzalo deverão atuar com a estrutura disponível em cada país, com as responsabilidade de planejamento, supervisão e execução das operações.

Durante o treinamento estarão autuando, lado a lado, aeronaves Cessna C210, Pilatus PC-7 e Krarakorum K-8, da Força Aérea Boliviana. Do lado brasileiro, aeronaves A-29 Super Tucano, E-99 e C-98 e C-97, da Força Aérea Brasileira.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions