A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

18/08/2011 10:10

Fronteira com a Bolívia segue fechada em protesto por nacionalização de carros

Aline dos Santos
Protesto entra no segundo dia na fronteira com Corumbá. (Foto: Capital do Pantanal)Protesto entra no segundo dia na fronteira com Corumbá. (Foto: Capital do Pantanal)

O fechamento da fronteira entre a Bolívia e Mato Grosso do Sul prossegue nesta quinta-feira em Corumbá. Os bolivianos protestam desde ontem para que o governo reduza o valor cobrado para a nacionalização dos veículos que circulam pelo país com documentação irregular.

Nesta manhã, representantes do comitê cívico e instituições regionais se reúnem para definir se seguem com a paralisação.

De acordo com o Capital do Pantanal, a última manifestação com fechamento de fronteira ocorreu no dia 7 de julho, quando encerrou o prazo para cadastro veículos.

Os moradores desta faixa de fronteira alegam não ter condições de chegar a Santa Cruz para fazer a vistoria e pedem que o governo designe um órgão em Puerto Suarez ou Quijarro.

O processo de nacionalização dos veículos foi realizado entre maio e julho, regulamentando 10 mil veículos de uma frota estimada em 128 mil veículos, sendo a maioria produto de roubos e furtos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions