A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

25/10/2009 13:19

Furtos de veículos crescem 53%; vítima decide andar a pé

Redação

O roubo e furto de veículos teve crescimento de 53% neste ano em Mato Grosso do Sul, conforme levantamento divulgado na semana passada pela Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública). Se for considerar apenas o terceiro trimestre, no período de julho a setembro, o número de vítimas dos bandidos cresceu 58% na Capital e no interior.

No último trimestre, o número de veículos arrastados pelos criminosos somente em Campo Grande cresceu 64%, de 282 carros e motocicletas em 2008 para 463 no mesmo período deste ano.

A situação é mais crítica de for considerar o impacto do furto e roubo na vida das vítimas. Este é o caso do funcionário público, ator e dançarino de rua, Paulo César da Silva Baptista, o Paulo do Radinho, 50 anos, que teve três motocicletas levadas pelos bandidos nos últimos nove anos.

"Não tenho mais vontade de comprar moto", comentou Paulo do Radinho, que está a pé desde março deste ano, quando os assaltantes atiraram contra ele para roubar a motocicleta Honda, cinza, placas HQW-9906, em março deste ano.

Ele voltava das Moreninhas, na saída para São Paulo, quando os bandidos lhe alcançaram e anunciaram o assalto na Avenida Gury Marques, próxima da rotatória com a Avenida Interlagos, dando dois tiros. Quitada, a motocicleta tinha nove mil quilômetros rodados. "Sinto-me mais seguro com a cara aberta do que com capacete", comentou.

Mais duas

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions