A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

19/02/2009 09:18

Garras aguarda vítimas para reconhecimento de quadrilha

Redação

O grupo preso na terça-feira passada, acusado de fazer sequestros-relâmpagos em Campo Grande, confessou o roubo de uma caminhonete Toyota, no início do mês, no Jardim América.

Segundo o delegado titular do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Bancos Assaltos e Sequestros), Ivan Barreira, agora já são duas vitimas a reconhecer a quadrilha. Entre elas, a vitima do assalto ocorrido na madrugada de terça, quando foi roubado um Honda Fit levado para Bolívia.

Os quatro jovens foram presos na tarde de terça-feira em uma edícula localizada no Bairro Vivendas do Bosque, usada pelo grupo como cativeiro. No local, eles mantiveram a vitima rendida até que o veículo cruzasse a fronteira.

Foram presos Alfredo Braga de Moraes, de 23 anos; Lucas Luiz de Jesus, também de 23 anos; Altair Grafi da Silva, de 21 anos, e Carlos Kesley da Silva Araújo.

Ainda segundo o delegado, outras duas vítimas de sequestro-relâmpago, surpreendidas quando deixavam um bar na Avenida Afonso Pena, também foram convocadas para reconhecer os autores.

A polícia investiga a ligação da quadrilha em outros casos de sequestro-relâmpago ocorrido na capital.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions