ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 29º

Cidades

Garras investiga roubo de jóias em Sidrolândia

Por Redação | 28/08/2008 19:23

Quatro investigadores do Garras (Grupo Armado de Repressão e Resgate a Assaltos e Seqüestros) de Campo Grande foram deslocados sidrolândia, para conduzir as investigações sobre o roubo ocorrido na noite de ontem que vitimou a vendedora de jóias Norma Cleci Martinelli, de 56 anos.

Um trio, que ainda não foi identificado, invadiu a casa dela e levou R$ 103 mil em jóias. Segundo a Polícia Civil local, este foi o terceiro caso registrado na cidade envolvendo vendedores de jóias. O primeiro ocorreu em 21 de janeiro do ano passado e o segundo, no dia 11 de abril.

Um delegado da Capital também estaria conduzindo os trabalhos na cidade. Ainda não há informações se o trio tem ligação com os outros crimes. Sabe-se apenas que nos três casos os autores tiveram o mesmo comportamento.

No roubo de ontem, a vítima foi surpreendida no quintal da casa dela e permaneceu em poder dos bandidos por aproximadamente uma hora com uma arma apontada na cabeça. Ela foi agredida, amarraram e tranca no quarto da casa para facilitar a fuga dos autores.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário