A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

09/12/2010 10:37

Governo e Fetems tenta nesta tarde consenso sobre política salarial

Marta Ferreira

Perto do fim do prazo para mandar para a Assembleia Legislativa o projeto para a política salarial do próximo ano dos professores da rede estadual de ensino, o governador André Puccinelli (PMDB) e dirigentes da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) tentam novamente nesta tarde o consenso. A reunião está marcada para as 16h30, na Governadoria.

A data-base dos professores é janeiro e por isso existe a pressa em concluir as negociações.

A Fetems quer que seja estabelecida uma política salarial para três anos, 2011, 2012 e 2013, quando a entidade pretende que esteja sendo pago aos professores o valor nacional do piso da categoria para uma jornada de 20h.

Hoje, os professores recebem este valor, de R$ 1.187, para a jornada de 40h.

Outra reivindicação da Federação é a incorporação, em 2011, de 40% ao salários, referentes à regência de classe, valor que recebe o professor que está em sala de aula.

Também foram apresentados pedidos de reajuste para os servidores administrativos da educação, que trabalham 30 horas semanais.

A Fetems representa 25 mil servidores da Educação.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


Tanto os professores, que são educadores quanto os servidores do Sistema Penitenbciário-AGEPEN, que são reeducadores, merecem bons salários, pois suas funçõies são altamente desgastantes e perigosas.
 
Ezequiel Rodrigues dos Reis em 09/12/2010 02:41:43
Parabéns à FETEMS, órgão representativo da laboriosa categoria responsável pela formação da elite pensante, que não obstante todas as intempéries elecandas pela comentarista Nilcéa M.X.dos Santos, as conquistas alcançadas se devem a muito esforço, persistência e um constante suar a camisa. Lamentavelmente muitos políticas saíram das salas de aula e hoje estão em seus gabinetes num misto de cafezinhos e ar condicionado mas de costas para a valorosa categoria.
Vamos nessa companheiros, juntos somos fortes.
Adão José Pereira, há 39 anos ajudando a escrever a história através da educação.
 
Adão José Pereira em 09/12/2010 02:26:43
É merecido aos professores um aumento de salário digno...., além do risco q hje estão expostos em sala de aula doam suas vidas na educação e formação de cidadão.....Além do extress, depressão que acarretam no decorrer de sua carreira profissional! Para ter um salario melhor...as vezes tem que dar dois a tres periodos de aulas....acarretando funções....levando trabalho para casa. E o descanso? E o Lazer? E a Família?
 
Nilcéa M.X.dos Santos em 09/12/2010 01:53:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions