A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

04/12/2017 11:38

Governo avalia nova licitação ou contratação para Aquário, diz Reinaldo

Solução será submetida ao TCE e MPE, mas ainda não há prazo

Mayara Bueno e Leonardo Rocha
Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) durante coletiva nesta segunda-feira. (Foto: Chico Ribeiro/Governo do Estado).Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) durante coletiva nesta segunda-feira. (Foto: Chico Ribeiro/Governo do Estado).

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), afirma que busca com o TCE (Tribunal de Contas Estadual) e MP (Ministério Público) uma saída para concluir o Aquário do Pantanal, obra iniciada em 2011 nos altos da avenida Afonso Pena, em Campo Grande.

A situação emperrada há anos ganhou um novo capítulo semana passada, quando a 2ª colocada na licitação recusou assumir o empreendimento. Antes disso, a Egelte - 1ª colocada - desistiu de concluir e pediu a rescisão do contrato.

Com isso, o governo afirma que vai novamente buscar solução jurídica com os órgãos de controle. Uma das alternativas, conforme disse hoje o governador, será contratar uma nova empresa sem licitação. Ou, ainda, abrir uma nova concorrência pública.

O prazo, no entanto, não foi anunciado. A obra consumiu até agora pelo menos R$ 200 milhões de recursos públicos.

Desde que Azambuja assumiu o governo, o empreendimento foi retomado e paralisado pelo menos três vezes até parar de vez ano passado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions