A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

05/05/2009 07:55

Governo destina R$ 8,2 mi para cobrança de pedágio em MS

Redação

O governo cobrará pedágio nas estradas de Mato Grosso do Sul. Decreto publicado na edição de hoje do Diário Oficial autoriza a liberação de crédito no valor de R$ 8.279.930 para "construção, pavimentação, implantação, conservação da infra-estrututra rodoviária e operacionalização de pedagiamento em rodovias".

A assessoria de imprensa do governo esclarece que o decreto prevê o início da instalação dos pedágios, entretanto, não existe data para começar a instalação ou a cobrança. A suplementação serve só como garantia de verba caso o governo estadual resolva montar a estrutura, lembra a assessoria.

Em outros Estados, é feita licitação para seleção de empresa para operacionalizar o serviço, de forma terceirizada. Já o projeto feito para Mato Grosso do Sul ainda não foi detalhado, assim como não foram divulgados os pontos onde haverá cobrança.

Em dezembro, o Consórcio Porto Morrinho venceu licitação estadual para explorar o pedágio sobre o Rio Paraguai, em Corumbá, e também fazer obras de recuperação e manutenção da rodovia durante 25 anos.

Nesse caso, apenas veículos oficiais em serviço serão isentos da cobrança da taxa. A assessoria do governo não informou se esse trecho será atendido com a verba suplementar.

Desde 2007, o governador André Puccinelli (PMDB) defende a possibilidade de cobrar pedágio ao longo da BR-163, apesar de ser uma rodovia federal, mediante convênio com o Dnit (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes).

Ele chegou a apontar que com um pedágio a cada 80 quilômetros seria possível fazer a duplicação ao longo de toda a rodovia, em dez anos.

Carro roubado no RJ é recuperado em estrada rumo ao Paraguai
Um automóvel recentemente roubado no Rio de Janeiro foi recuperado por policiais militares em uma estrada vicinal de Japorã –a 487 km de Campo Grande...
Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions