A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

11/02/2016 18:06

Governo garante que professores terão aumento salarial na folha deste mês

Fernanda Yafusso
Durante reunião ficou definido reajuste para salário dos professores do Estado (Foto Divulgação\GovernoMS)Durante reunião ficou definido reajuste para salário dos professores do Estado (Foto Divulgação\GovernoMS)

Os professores da rede estadual de Mato Grosso do Sul receberão os salários de fevereiro já com aumento nos salários. A definição ocorreu em reunião na tarde desta quinta-feira (11) entre representantes da categoria e o governo do Estado.

Segundo informações divulgadas no site do Executivo, uma nova reunião foi marcada para a próxima semana para detalhar como pagará o reajuste. A mesma fonte traz que o salário deste mês “já virá com acréscimos”, já que o governo “sinalizou que os professores serão contemplados com o direito já na folha de pagamento de fevereiro”.

O reajuste anual da categoria, de 11,36%, foi estabelecido por lei federal para ser pago a partir de janeiro. O valor referente ao primeiro mês do ano, inclusive, é uma a principal situação que ficou para ser avaliada na próxima reunião.

Participaram da reunião a vice-governadora, Rose Modesto (PSDB), o secretário estadual de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, e o secretário-adjunto de Administração e Desburocratização, Édio Viegas, além do presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação), Roberto Botareli e outros diretores da entidade.

Não foram divulgadas informações sobre o impacto financeiro do reajuste salarial dos professores.



O reajuste dos servidores deveria mudar de nomenclatura: ao invês de aumento salarial ou reajuste salarial, ter o nome de ADITIVO salarial, pois o que as empresas prestadoras de serviços ao poder publico conseguem de aditivo em seus contratos não é brincadeira...
 
Silva em 12/02/2016 14:08:51
Sempre sobra para o trabalhador. Veja se o aumento já estava definido que seria a partir de Janeiro/2016, por que não pagaram? Agora, uma reunião só para acertar que vão pagar o aumento que já estava definido. Daqui alguns meses, fazer outra reunião para enrolar mais para definir quando o governo pagará e isto sem nenhuma correção. Graças a Deus que não sou professor e não tenho que passar por estes descasos. Pior, que a FETEMS acha que está fazendo excelente negociações.
 
Ezequiel em 12/02/2016 09:42:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions