A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

05/01/2015 19:14

Governo já gastou R$550 mil com obra de hospital que deve ser paralisada

Michel Faustino
Imagem mostra trabalho de terraplenagem feito na área de 50 mil metros quadrados. (Foto:Divulgação)Imagem mostra trabalho de terraplenagem feito na área de 50 mil metros quadrados. (Foto:Divulgação)
Obras foram iniciadas há 60 dias e cerca de 30 operários trabalham no local. (Foto: Divulgação)Obras foram iniciadas há 60 dias e cerca de 30 operários trabalham no local. (Foto: Divulgação)

As obras de construção do Hospital Regional de Dourados foram iniciadas há cerca de 60 dias e o governo do Estado já fez o repasse de aproximadamente R$550 mil para a execução, segundo a construtora responsável pela obra, orçada em R$ 20 milhões. No entanto, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), anunciou que a construção da unidade deve ser suspensa em detrimento de “outras prioridades” na área da saúde.

De acordo com o engenheiro Ricardo Teixeira, responsável técnico da empresa Estenge Engenharia, às obras de construção do hospital foram iniciadas no dia 18 de novembro e já foi repassado para a empresa o montante de aproximadamente R$ 550 mil, referente ao serviço executado até do dia 12 de dezembro.

Segundo ele, até o momento a empresa não foi comunicada oficialmente da paralisação da obra e os trabalhos continuam. Teixeira alega que cerca de 30 pessoas trabalham no local e outros serviços já foram executados, o que acrescentaria um novo repasse de cerca de R$ 200 mil, que segundo ele, deverá ser feito pelo governo.

“Nós estamos trabalhando. Ninguém nos comunicou que ia parar a obra até agora e temos contrato. Prosseguimos a obra e temos a receber por esse trabalho. Se quiser paralisar tem esse entrave, no entanto será dinheiro jogado fora”, disse.

Segundo ele, foi feito todo o trabalho de fundação, terraplenagem e cercamento da área de cerca de 50 mil metros quadrados. Além de 300 metros quadrados do canteiro de obras.

Prioridades - Na manhã de hoje, Reinaldo afirmou que as obras dos Hospitais Regionais de Dourados e Três Lagoas vão ser suspensas neste início de governo, pois segundo ele, o importante para saúde no momento é aumentar o atendimento e não construir novos hospitais.

"Em relação a estas duas obras por enquanto vamos aguardar, pois por exemplo em Dourados, já existem dois hospitais prontos para funcionar, vamos buscar as parcerias necessárias para aumentar o atendimento, o que é o mesmo caso de Três Lagoas", disse Azambuja.

O Campo Grande News tentou entrar em contato por telefone com o secretário estadual de Infraestrutura Ednei Marcelo Miglioli, para saber detalhes sobre a eventual paralisação da obra, mas não conseguimos contato até o fechamento desta matéria.

Estrutura do hospital - Com R$ 19,9 milhões liberados para a primeira etapa, o hospital terá 120 leitos e será construído numa área de 5 hectares, localizada nas margens da BR-463, na saída para Ponta Porã. A área de 50 mil metros quadrados foi doada ao Estado pelo empresário Adão Parizzoto, do ramo de armazenagem de grãos.

O extrato de contrato entre a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) e a empresa Stenge Engenharia Ltda. A construção da primeira etapa do hospital foi publicado no dia 22 de outubro, no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul. Após a assinatura da ordem de serviço, a empresa terá 540 dias para concluir a primeira etapa da obra.

Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions