A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

20/05/2013 07:10

Greve dos policiais civis entra no 4º dia em Mato Grosso do Sul

Viviane Oliveira
Policiais civis seguem com a greve, que hoje entra no quarto dia. (Foto: Marcos Ermínio) Policiais civis seguem com a greve, que hoje entra no quarto dia. (Foto: Marcos Ermínio)

A greve dos policiais civis entrou no 4º dia nesta segunda-feira (20) em Mato Grosso do Sul, mesmo sendo considerada ilegal pelo Tribunal de Justiça. Os atendimentos continuam centralizados nas duas Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) em Campo Grande. Uma fica no Centro e, a outra no bairro Piratininga.

Durante a greve, que começou na sexta-feira (17), os plantonistas registram apenas crimes de homicídio, estupro, violência doméstica e violência contra criança e adolescentes.

De acordo com o presidente do Sinpol (Sindicato dos Policias Civis de Mato Grosso do Sul), Alexandre Barbosa, hoje (20) será o dia “D” para a Polícia Civil. Segundo Alexandre, a categoria vai passar o dia investindo na negociação com o governo do Estado. Às 18h haverá assembleia geral em todos os municípios de forma simultânea para definir qual estratégia eles deverão seguir a partir de terça-feira.

O plano deve ser traçado conforme o que ocorrer durante o dia. Caso haja acordo a reunião servirá para possivelmente findar a greve, se a resposta do governo for negativa a assembleia decidirá os próximos passos da manifestação.

Inicialmente a proposta do governo era de reajuste de 5%, chegou a 7% e houve promoção dos policias da Classe dos Substitutos neste ano, o que faria o valor chegar a 28% (de R$ 2.361,21 para R$ 3.031,80), além de reajuste de 8% em 2014 e 12% em 2015.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions