A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

24/05/2016 09:01

Gripe provoca mais uma morte no Estado; homem morava em Jardim

Fernanda Mathias
Paciente ficou por 15 dias no Hospital Regional, mas não resistiu (Foto: Arquivo)Paciente ficou por 15 dias no Hospital Regional, mas não resistiu (Foto: Arquivo)

Mais uma pessoa foi vítima da gripe causada pelo vírus H1N1, também conhecida como gripe A. Manoel Acir Aréco, 49 anos, que morava em Jardim, estava internado há 15 dias no Hospital Regional Rosa Pedrossian em Campo Grande e teve morte cerebral nesta segunda-feira (23).

Conforme informações da Secretaria de Estado de Saúde, Manoel tinha outra comorbidade. Um familiar, que pediu para não ser identificado, disse que Manoel era diabético, mas tinha uma vida ativa.

“Estão abafando os casos em Jardim, aqui vem muita gente de fora e há muitos casos. Além disso, falta vacina”, diz o parente. O último relatório da SES (Secretaria de Estado de Saúde) apontava 20 mortes no Estado e com esta já são 21. Também é investigado se a morte de um morador de Ivinhema, que foi transferido para Dourados foi provocada pelo vírus da gripe A, o que aumentaria a estatística.

Josimar Alves estava internado no hospital municipal da cidade com suspeita da doença e devido à priora no estado de saúde, ele foi transferido para Dourados na noite de domingo, mas não resistiu e veio a óbito na manhã de ontem.

Morte cerebral – Familiares informaram que, embora considerado irreversível, o quadro de Manoel é de morte cerebral. Ele permanece internado no Hospital Regional. 

*Matéria editada às 11h03 para correção de informação



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions