A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

05/08/2013 15:28

Histórico pode levar a pistas sobre morte de homem durante caminhada

Graziela Rezende

Enquanto a polícia não descobre o motivo que fez o motorista de caminhão Sérgio Vagner da Rosa, 36 anos, ser morto com um tiro no pescoço, há quatro dias, duas hipóteses fazem parte da linha de investigação: latrocínio (roubo seguido de morte) e uma possível desavença no local de trabalho.

Ele foi assassinado durante caminhada no bairro Jardim das Perdizes, na saída para São Paulo. 

“Estamos verificando o histórico profissional e pessoal da vítima, principalmente, para saber se alguém tinha uma motivação para matá-lo. Se essa hipótese não prevalecer, ficaremos com a tentativa de latrocínio, já que nada foi levado e o afastamento do trabalho seria por conta de um acidente”, afirma o delegado Tiago Macedo, responsável pelas investigações.

Crime - Por volta das 19h40, Sérgio fazia caminhada na rua Professor Hilário da Rocha, no bairro Jardim das Perdizes, em Campo Grande, quando ocorreu o crime. O caso é investigado na 4ª DP (Delegacia de Polícia).

 

Homem de 36 anos foi morto a tiros durante caminhada em Campo Grande
Foi identificado como Jorge Vagner da Rosa, 36 anos, o homem assassinado na noite de ontem (1) no Jardim das Perdizes, em Campo Grande. O crime acont...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
UFGD oferece vagas em 36 cursos de graduação pelo Sisu
A UFGD (Universidade da Grande Dourados) está ofertando 944 vagas em 36 cursos de graduação para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada). As inscrições...


rapaz deve ter alguma coisa enterrada perto desse local, já empurraram uns quatro caboclos em menos de 5 anos, vou começar a cortar volta...
 
reginaldo de melo em 05/08/2013 18:41:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions