A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

29/04/2013 17:47

Homem leva cruz para protestar contra critério na distribuição de casa

Viviane Oliveira e Adriel Mattos
Para protestar, Élzio carregou a cruz da Base Aérea até os altos da avenida Afonso Pena. (Foto: Marcos Erminio) Para protestar, Élzio carregou a cruz da Base Aérea até os altos da avenida Afonso Pena. (Foto: Marcos Erminio)

O marceneiro Élzio Moreira da Silva, de 49 anos, aproveitou a visita da presidente Dilma Rousseff à Capital para protestar contra as regras na distribuição de moradias populares da Emha (Agência Municipal de Habitação) e da Agehab (Agência Estadual de Habitação Popular).

A intenção era chamar a atenção da presidente, mas quando chegou à Base Aérea ela já havia embarcado para Brasília. Mesmo assim, Élzio não desistiu do protesto e percorreu a avenida Afonso Pena até a Cidade do Natal com a cruz nas costas, que pesa cerca de 30 quilos.

Segundo Élzio, ele e outras pessoas entraram com uma ação no MPE (Ministério Público Estadual) pedindo providências em relação à distribuição de moradia popular. “É inadmissível a demora na entrega de uma casa popular”, disse. Ele ainda afirma que é errado deputados e vereadores influenciarem nesse processo.

O marceneiro pede que seja implantando fila única para a espera da moradia. “Nós não concordamos com o sorteio das casas populares, é injusto”, afirma. 

A cruz, segundo Élzio, simboliza o sofrimento das pessoas que esperam pela casa, e trazia dizeres de vídeos publicados no YouTube sobre a "farra com as moradias populares". 

Ele finaliza dizendo que não fazia protesto, e sim propaganda do movimento, que se chama "Fila Única EMHA-AGEHAB".

Em Campo Grande, o déficit habitacional é de aproximadamente 35 mil residências. Na semana passada, outro grupo fez protesto contra a demora na fila de espera por uma casa nos cadastros dos órgãos oficiais. 



Excelente comentário do sr. Carlos, parabéns... E muito mais admirável a atitude do sr. Élzio Moreira da Silva um cidadão ao meu ponto de vista "diferenciado". Temos que aprender com ele a nos desvencilhar dessa nossa "zona de conforto" em que vivemos. Não podemos simplesmente optar por uma vida calma, sem nenhuma turbulência deixando ou esperando que sempre ira aparecer um Élzio para resolver por nós as coisas que não conseguimos e muitas das vezes nem sequer temos a iniciativa de tentar. Temos que encarar as circunstâncias que surgem ao longo de nossas vidas e torna-las desafiadoras para que o sucesso e a grandeza sejam resultados permanentes dessa escolha... de lutas pelos nossos objetivos.
Continue assim sr. Élzio!

 
Eduardo Cesar Nascimento em 01/05/2013 15:23:51
ISSO MESMO,SEMPRE ACHEI UM ABSURDO ESSA FARA DAS CASA PUPULARES,QUE DE POPULAR NAUN TEM NADA,OLHA EXEMPLO DAS CASA DO OITI,TEM CASA LA ATE COM PISCINA,CARRO ZERO NA GARAGEM,VC OUVIR AS PESSOAS ZONBANDO DIZENDO QUE TEM DUAS CASA,QUE ~SOA AMIGOS DE BELTRANO ,ASSIM FIKA FACIL,PRECISAMOS DE MAIS FISCALIZACAO,ISSO É REVOLTANTE,SO PORQUE NÃO TENHO FILHOS,MAIS SOU TRABALHADORA,QUER DIZER QUE NÃO POSSO TER UMA CASA,QUE TEREI Q SER CONDENADA A PAGAR ALUGUEL SEMPRE,SEM TER DIREITO A PAGAR UMA FACULDADE,OU CURSOS DE QUALIFICACAO POIS O DINHEIRO VAI TUDO PRO ALUGUEL.ISSO SIM É O FIM DA PICADA,PRECISAMOS DE MENDIDAS QUE AJUDEM A TODOS
 
LAURA CRISTINA DE SOUZA em 30/04/2013 10:14:45
Concordo plenamente com sr. Élzio Moreira da Silva, eu e minha mãe fizemos nosso 1ª cadastro na EMHA há 20 anos, antes só pediam atualização anual, de uns 2 anos atrás,começaram a exigir a inscrição do NIS de todos os membros da família e até hj, mesmo fazendo tudo que nos pediram anualmente, NÓS ainda não fomos contempladas, que será que teremos que fazer para conseguir ganhar 1 casa? Minha filha já completou 21 anos e agora ela é quem começou a lutar para ganhar a dela, já que eu até hj não consegui. Mas diz que segue a seguinte regra: 1º p/ familia com crianças "ESPECIAIS", 2º para IDOSOS (cadê da minha mãe - 70 anos), 3º família com 3 ou + filhos menores de 14 anos, e assim por diante. Que culpa tenho EU se quiz fazer só 2 filhas, para que as mesmas não passassem fome?
 
Estela Marques em 30/04/2013 07:43:17
tem poder de polícia, embora é sabido que muitos falsificam imposto de renda entre outros documentos, tem apoio de muiiitos políticos, etc.
Agora pergunto? e o cidadão de bem até quando irá competir com esses CANALHAS????
Engraçado, o cidadão honesto quando vai fazer um financiamento, são tantas exigências que muitas das vezes, acaba nem conseguindo o tão desejado EMPRESTIMO>
 
Neyde de Oliveira em 29/04/2013 20:10:44
parabéns Élzio Moreira da Silva "filho do padre" pela sua iniciativa, se tivéssemos mas pessoas como vc que vai atras dos direitos dos outro e o do próprio não pensando apenas em si mesmo o Brasil e o mundo seria bem melhor...
 
Carlos Alexandre Barbosa em 29/04/2013 19:14:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions