A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

15/04/2010 15:22

Homem queimado no Rita Vieira cumpriu pena por homicídio

Redação

João Batista Salles, de 35 anos, que teve o corpo incendiado na região do Rita Vieira, ontem à noite, já havia cumprido pena por homicídio e foi solto no fim do ano passado, beneficiado pelo indulto de Natal, segundo informações da Polícia Civil.

No dia 8 de agosto de 2004 Salles matou com dois tiros João Pedro da Silva no bairro Lar do Trabalhador e foi condenado em setembro de 2005 a cumprir pena de oito anos de reclusão em regime fechado.

Na noite de ontem ele teve o corpo queimado após uma discussão com a esposa. Segundo uma vizinha, a mulher assumiu que foi a responsável por atear fogo no marido e que teria alegado que fez isso porque apanhou dele.

Já o filho dela, de 17 anos, também disse que foi o responsável por tentar matar o padrasto queimado. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado para a Santa Casa, onde permanece internado.

Como há divergência, a Polícia Civil pretende ouvir Salles para que ele conte quem foi o responsável por atear fogo em seu corpo. O boletim de ocorrência foi registrado como tentativa de homicídio, com autoria a apurar. A mulher não se apresentou até o momento.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions