A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

17/08/2010 12:40

Hospital de Caridade continua a operar no vermelho

Redação

Integrantes da Junta Interventora entregaram na segunda-feira um documento ao MPE (Ministério Público Estadual) mostrando a situação em que estava o Hospital de Caridade de Corumbá e as providencias que estão sendo tomadas.

Apesar das providências, o hospital continua a gastar mais do que arrecada. Hoje, o hospital tem receita de R$ 996.728,77 e despesas de R$ 1.190.551,52 por mês.

Entre os problemas encontrados antes da intervenção estavam bloqueios das contas bancárias e de convênios devido a ações judiciais, trabalhistas e de fiscalização, certificado de filantropia vencido, alvará e licença sanitária vencidos pela não adequação do setor de esterilização e inexistência de comissão de controle de infecção hospitalar.

Para a Junta, de acordo com o site Diarionline, os problemas tiveram a mesma origem: falta de controle administrativo.

A Junta afirmou que buscou a regularização da situação do hospital no Ministério da Saúde para reconquistar o certificado de filantropia. A falta do documento havia provocado um acréscimo no recolhimento do INSS e o recolhimento de PIS, COFINS, CSLL - alterando esses gastos de R$ 48 mil para mais de R$ 100 mil/mês.

Além disso, a Junta tomou providências para a reforma do setor de esterilização, com o objetivo de obter a renovação do alvará sanitário, além de nomear e empossar a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar, no dia 1º de julho.

A Junta também cancelou a terceirização dos serviços de faturamento, sem pagamento da multa rescisória que seria de R$ 90 mil, e colocou em operação um sistema informatizado de gestão hospitalar.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions