A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

08/08/2010 07:03

Identificadas duas vítimas de acidente na BR-262

Redação

Adezideo Cravino Moreira, de 53 anos e Cícero Nunes Ribeiro, de 40 anos, identificados na madrugada deste domingo pelo Instituto de Medicina e Odontologia Legal de Campo Grande, são as duas vítimas fatais que estavam no Gol que colidiu com uma F1000 em acidente na noite de ontem na BR-262, saída para Três Lagoas.

Eles estavam com o policial rodoviário aposentado Gilberto Homrich, de 61 anos, que dirigia o Gol e que também faleceu no local e Ariovaldo Cravino Moreira, de 51 anos, que foi levado em estado grave para a Santa Casa de Campo Grande.

Pedro Pereira Farias, de 32 anos e Marlene Pereira Farias, de 26 anos, ambos de Ribas do Rio Pardo, estavam na F-1000 e tiveram ferimentos leves.

O acidente interditou parcialmente a BR-262 por cerca de duas horas e a BR só foi completamente liberada por volta das 20h40.

O Gol ficou destruído na parte da frente e os corpos presos as ferragens. Pela forma como o carro ficou atravessado na pista, a impressão é de que o veículo bateu de frente com a camionete e rodou na rodovia.

A Polícia Rodoviária Federal desconfia de ultrapassagem irregular do Gol, que seguia rumo a Campo Grande e colidiu com a F1000 que vinha no sentido oposto, para Ribas do Rio Pardo.

Trágico - Em 24 horas, 5 pessoas morreram em rodovias de Mato Grosso do Sul.

Fagner de Oliveira, morador de Itaquiraí, morreu na madrugada de sábado e uma mulher ainda não identificada ficou gravemente ferida em acidente na madrugada de hoje na MS-487, quilômetro 35, em Naviraí, distante 366 quilômetros de Campo Grande.

Já madrugada deste domingo, Pedro Henrique Carnaval, de 17 anos, de Nova Alvorada do Sul, morreu na BR 163, em Rio Brilhante.

O adolescente dirigia sem habilitação uma caminhonete Toyota Hillux, de cor prata, placas ABK 1763, quando perdeu o controle em uma curva da rodovia. O veículo saiu da estrada e bateu de frente em uma árvore. O jovem morreu na hora.

O soldado do exército, Antonio Carlos dos Santos Junior, 20 anos, também no sábado. Ele era passageiros de um Omega e foi lançado do veículo na rodovia MS-156, em Dourados.

Felipe Torquato, 21 anos, dirigia o carro, perdeu o controle da direção e capotou.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions