A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

12/06/2013 14:28

Índio terena baleado será transferido para o hospital Sarah Kubitschek

Francisco Júnior

O índio terena Joziel Gabriel, de 34 anos, baleado na fazenda São Sebastião, na região de Sidrolândia, será transferido da Santa Casa de Campo Grande para o hospital Sara Kubitschek, em Brasília (DF).

De acordo com o diretor técnico da Santa Casa, Luis Alberto Kanamura, a viabilidade para a transferência está sendo articulada pela Funai (Fundação Nacional do Índio), mas não tem data para acontecer. “Quando esse paciente estiver estabilizado, sem sonda, com algum tipo de independência e não estiver usando nenhum remédio, em um momento oportuno deve ir para o Sara”, explicou.

A bala está alojada na coluna e atingiu a sétima vértebra cervical, que pode causar paraplegia. O estado de saúde de Joziel é considerável estável, porém ele ficará com sequelas Conforme o médico, o indígena ainda não foi operado e o procedimento só será realizado caso ele apresente dor na região onde está o projétil.

O médico informou que o terena deve receber alta nos próximos dias, já que não apresenta quadro clínico para continuar internado no hospital.

O indígena foi ferido no dia 4 deste mês. Testemunhas relatam a Polícia que ele foi baleado por um homem que estavam em uma camionete prata, enquanto Joziel entrava na sede da fazenda São Sebastião. O caso está sendo investigado pela Polícia Federal. Ninguém ainda foi preso.

Índio terena é baleado durante nova invasão de fazenda em Sidrolândia
Um índio terena de 34 anos foi baleado na tarde desta terça-feira (4) na fazenda São Sebastião, região de Sidrolândia, distante 71 quilômetros de Cam...
MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...


Vergonha
 
nilson franco de oliveira em 13/06/2013 11:03:36
Oziel foi assassinado pela policia e teve sua vida ceifada, Josiel Gabriel foi baleado e também teve sua vida ceifada por bandidos. Em ambos os casos ninguém foi preso e se quer indiciado. Veem a luta desigual? Dona Dilma falou, falou todo mundo ouviu mas ninguém escutou. Ministro da Justiça discursou bonito e a PF, a passos de tartaruga, está procurando os assassinos fora da corporação, no hospital e nas aldeias... vamos enrolando até daqui a cinco anos, quando o caso "caduca" e pronto!
 
samuel gomes-campo grande em 12/06/2013 21:42:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions