ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  27    CAMPO GRANDE 25º

Cidades

Informalidade em obras chega a 60% e preocupa o setor

Por Redação | 24/07/2008 08:42

Federação quer reduzir informalidade na construção civil

Representantes da Fetricon (Federação dos Trabalhadores na Construção e Mobiliário de Mato Grosso do Sul) se reúnem amanhã, às 9 horas, na sede da Federação, com os sindicatos da classe para traçar uma estratégia de combate à informalidade nos canteiros de obra.

O presidente da entidade, João Gomes, estima que cerca e 60% dos trabalhadores não tenham carteira assinada no Estado. O contrato informal, afirma, é visto pelo empregador como uma forma de reduzir o custo.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário