A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018

19/09/2015 09:41

Inscrição para revalidar diploma de medicina pode ser feita até segunda

Aline Leal, da Agência Brasil

Terminam na próxima segunda-feira (21), às 23h59, as inscrições para o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeiras (Revalida) de 2015. O exame é feito por quem se formou em medicina no exterior e quer exercer a profissão no Brasil. A inscrição pode ser feita no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

O teste será feito em duas etapas. A primeira, programada para o dia 18 de outubro, será composta por prova objetiva de 110 questões e prova discursiva com cinco intens. O participante pode fazer estas provas em Rio Branco (AC), Manaus (AM), Fortaleza (CE), Salvador (BA), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Brasília (DF) e Campo Grande (MS). O valor da taxa de inscrição para a primeira etapa é R$ 100.

Na segunda etapa, os aprovados na fase anterior serão avaliados quanto a habilidades clínicas em situações reais de atendimento médico. A prova está prevista para os dias 28 e 29 de novembro, e ainda não tem local definido. A taxa de inscrição custará R$ 300. O edital do exame foi publicado no dia 8 de setembro no Diário Oficial da União.

Para fazer o Revalida, o médico deve ser brasileiro ou estrangeiro em situação legal no Brasil, deve ter o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), aprovação no exame de Certificação de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras) e diploma médico autenticado por autoridade consular brasileira e expedido por instituição de educação superior estrangeira reconhecida no país de origem.

Motoristas envolvidos em contrabando terão habilitação cassada
O motorista que for condenado por dirigir veículo usado para receptação, descaminho ou contrabando de mercadorias terá sua carteira de habilitação ca...
STF decide que Ministério Público pode cobrar multas de ações penais
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (13) que o Ministério Público tem competência para ajuizar ações de cobrança de multas definidas em con...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions