A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/05/2016 06:31

Moradores encontram ossada humana de idoso desaparecido há mais de 4 meses

Viviane Oliveira

Uma ossada humana foi encontrada por moradores, por volta das 19h30 de ontem (17), em uma propriedade rural, próximo à Escola Augustinho, em Dourados, distante 233 quilômetros de Campo Grande. Testemunhas disseram que a ossada pertence a Regino Brites, 76 anos, que estava desaparecido há mais de 4 meses.

Conforme boletim de ocorrência, Júlia Ramires, mulher que cuidava do idoso, contou junto com a ossada foi encontrado parcialmente queimados um chapéu, tênis e a jaqueta que a vítima usava no dia em que saiu de casa no dia 23 de janeiro dizendo que iria na residência de um morador na reserva indígena.

Ainda conforme registro policial, Júlia ainda chegou a ir atrás de Regino na casa do amigo, mas lá foi informada que o idoso havia ido embora. Ela informou o desaparecimento da vítima às lideranças indígenas e também aos agentes de saúde da aldeia, porém não procurou a policia para informar sobre o desaparecimento.

Junto com a ossada também foi localizado um documento de identidade da vítima, que também havia sido parcialmente danificado pelo fogo. O caso foi registrado como morte a esclarecer na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Sicredi faz doação para reformas de quartos no Lar do Idoso de Dourados
A agência Integração do Sicredi de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - fez a doação de recursos para a reforma de 14 quartos no L...
UFMS oferece 16 vagas para professor de nível superior em Três Lagoas
Será aberto no próximo dia 1º de janeiro pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) as inscrições para preencher 16 vagas para professore...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions