A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 28 de Maio de 2017

22/10/2014 15:25

“Não basta mudar o presidente, temos de reconstruir o Brasil”, diz José Serra

Helio de Freitas, de Dourados
José Serra durante entrevista coletiva nesta quarta-feira em Dourados, onde pediu votos para Reinaldo e Aécio (Foto: Eliel Oliveira)José Serra durante entrevista coletiva nesta quarta-feira em Dourados, onde pediu votos para Reinaldo e Aécio (Foto: Eliel Oliveira)

Na entrevista coletiva que concedeu hoje em Dourados, a 233 km de Campo Grande, o senador eleito por São Paulo José Serra (PSDB) disse que os governos do PT não deram sequência aos avanços e processos de investimentos iniciados no governo Fernando Henrique Cardoso e afirmou que será preciso reconstruir o país. “Não basta mudar o presidente, nós vamos ter que reconstruir o Brasil”, declarou o ex-governador paulista, que foi ministro de FHC e candidato a presidente da República.

Serra criticou principalmente a saúde pública e disse que o setor está “inteiramente degradado” no país. “A Fundação Nacional de Saúde, que tem muito peso em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, tinha sido organizada, não tinha mais nomeação política, moralizamos a Funasa e hoje a fundação virou o maior centro de corrupção dentro da área de saúde, até na saúde dos índios. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária triplicou de tamanho, totalmente loteada. Tem cinco diretores e nenhum deles é médico”.

Segundo o senador eleito, até hoje o Brasil não tem medicamento genérico contra o câncer, que significaria a metade do preço, por incompetência da Anvisa. “No governo do PT cria-se dificuldade para cobrar facilidade”, afirmou Serra, completando que a corrupção na saúde tem “caráter de morbidez”.

Serra fez uma recomendação ao candidato a presidente Aécio Neves, de que ele poderá enxugar gastos em todas as áreas, mas em saúde vai terá de aumentar. “Vai ter que melhorar muito a qualidade da gestão e ter mais dinheiro para pagar as santas casas, estados e municípios que têm hospitais”. Serra está em Dourados participando da campanha do candidato do PSDB ao governo do Estado Reinaldo Azambuja e também pede votos para o candidato tucano à presidência, Aécio Neves.

Carro é abandonado com mais de 400 kg de maconha
Um carro Ford Ka prata com placas de Dourados, foi encontrado na manhã deste domingo (28) abandonado na rua Benjamin Constant em Rio Brilhante, a 163...
Pescadores do Paraná são multados em R$ 5,3 mil por pesca ilegal em rio de MS
A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou quatro pessoas, três deles do Paraná, por pesca ilegal durante fiscalização no rio Ivinhema, ocorrida de sáb...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions