A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

29/04/2016 10:35

Acostumado com crise, agronegócio espera faturar 25% mais na Expoagro

Maior feira agropecuária do interior de Mato Grosso do Sul começa no dia 13 de maio com sete shows nacionais; por pressão do Juizado da Infância, Sindicato Rural vai limitar venda de bebida no recinto

Helio de Freitas, de Dourados
Diretores do Sindicato Rural durante entrevista coletiva para apresentar a Expoagro 2016 (Foto: Eliel Oliveira)Diretores do Sindicato Rural durante entrevista coletiva para apresentar a Expoagro 2016 (Foto: Eliel Oliveira)
Expoagro acontece no parque de exposições de Dourados, de 13 a 22 de maio (Foto: Divulgação)Expoagro acontece no parque de exposições de Dourados, de 13 a 22 de maio (Foto: Divulgação)

 

Mesmo com a crise econômica que arrasta o país para uma recessão, os organizadores da 52ª Expoagro (Exposição Agropecuária de Dourados) mantêm o otimismo e esperam volume de negócios até 25% superior aos R$ 100 milhões de 2015. Considerada maior evento agropecuário do interior de Mato Grosso do Sul, a feira começa no dia 13 de maio e vai até o dia 22, no parque de exposições da cidade.

“Nós do agronegócio estamos acostumados com crise. Todo ano temos uma crise porque não choveu, porque choveu demais ou por outros fatores”, afirmou o presidente do Sindicato Rural, Lucio Damália, em entrevista coletiva para apresentar a feira, na manhã de hoje (29).

Procurando manter o foco no agronegócio, com leilões, exposição de máquinas e animais de raça, palestras e simpósios, a Expoagro dará espaço importante para o entretenimento, com sete shows nacionais, com destaque para Jads e Jadson no dia 13, Jota Quest no dia 15, Jorge e Mateus no dia 18 e Anitta e Maiara e Maraísa no dia 21.

“Apesar do alto custo, o lado de entretenimento da Expoagro faz parte da história de Dourados e ajuda na integração da cidade com o campo”, afirmou Lucio Damália, reconhecendo que boa parte dos agropecuaristas defende um evento 100% de negócios e palestras.

Bebidas e menores – Segundo o dirigente ruralista, a maior dor de cabeça com a realização de shows na Expoagro é o consumo de bebida alcoólica por menores de idade. No ano passado, o Sindicato Rural teve de pagar pelo menos R$ 60 mil em multas por flagrantes feitos pelo Conselho Tutelar e ainda teve de fazer cursos para adolescentes.

“Neste ano, a pedido do juiz da Infância e Juventude, vamos tomar várias medidas para evitar o consumo de bebida por menores. A venda só será feita dentro dos restaurantes e em áreas restritas e controladas”, afirmou Damália, que anunciou reforço na segurança interna do parque, com instalação inclusive de um posto da Polícia Civil para autuação dos casos de flagrante e policiais militares e do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) circulando pelo parque.

Regras e meia-entrada – O Sindicato Rural de Dourados promete “cumprir integralmente” a lei da meia entrada, motivo de polêmica na Expogrande deste ano. “Já está garantida a meia-entrada seguindo as normas da lei nos dias que for cobrada entrada. Os ingressos de meia-entrada serão de R$ 15 e R$ 20”, afirmou o primeiro-secretário Paulo Vieira. Com exceção do show de Jorge e Mateus, que tem ingresso de pista por R$ 40, o valor da entrada para os demais será R$ 30.

Vieira informou que mais uma vez haverá restrição à entrada de menores de idade ao parque. Até 12 anos de idade só entra acompanhado do pai ou da mãe. O adolescente de 12 a 15 anos poderá entrar com um responsável maior de idade, mas é preciso apresentar autorização dos pais, por escrito e com autenticação em cartório.

Menores de 16 e 17 anos poderão entrar apresentando a carteira de identidade. “Só vamos aceitar a carteira de estudante como documento de identidade se for do novo modelo, sancionado pela presidente da República, impresso em papel-moeda”, afirmou o diretor.

Expositores e leilões – Conforme o Sindicato Rural de Dourados, apesar da crise o número de expositores deve se manter igual ao do ano passado, quando 80 estandes foram montados no parque para exposição de máquinas, implementos agrícolas e veículos. “Estamos conversando com as empresas para que tragam promoções para a Expoagro”, afirmou o coordenador de imprensa do sindicato, Antonio Viegas.

A feira agropecuária de 2016 terá seis leilões, sendo dois beneficentes. Os leilões acontecem nos dias 13, 14, 17, 20, 21 e 22 de maio. O tradicional Leilodom, que arrecada dinheiro para duas entidades assistenciais da cidade, será ampliado neste ano e acontece no dia 17. Já no dia 22 tem o leilão “Direito de Viver”, destinado a arrecadar dinheiro para o Hospital do Câncer de Barretos.

 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions