A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

27/06/2016 07:48

Adolescente se entrega após matar jovem a facadas em escadaria

Renata Volpe Haddad
Jovem foi morta a facadas por adolescente. (Foto: Reprodução/ Facebook)Jovem foi morta a facadas por adolescente. (Foto: Reprodução/ Facebook)

Uma adolescente de 17 anos, se entregou à polícia após matar a facadas, Nathália Helena Rondon do Amaral de Souza, 18 anos, por volta das 21h30, de sexta-feira (24) na escadaria que dá acesso à avenida General Rondon, nas proximidades do quartel da 18ª Brigada, em Corumbá, distante 419 quilômetros de Campo Grande.

Segundo informações do site Diário Corumbaense, a vítima morava em Ladário e a identificação do corpo foi feita pelo avô. De acordo com a Polícia Civil, quando adolescente, Nathália teve passagens policiais por lesão corporal e roubo.

A autora do crime se apresentou à Polícia Civil no domingo (26). Ela tem passagens policiais pelos atos infracionais de vias de fato, ameaça, roubo e lesão corporal.

Conforme o delegado titular do 1º Distrito de Polícia Civil, Pablo Gabriel Farias da Silva, a mãe e a irmã da acusada relataram que chegaram em casa, em Corumbá, no momento em que a adolescente esfaqueava a vítima.

Ao perceber a presença delas, a acusada teria partido para cima das duas e tentou golpeá-las com duas facas de cozinha. A irmã conseguiu desarmá-la e saiu da casa, junto com a mãe. A menor de idade fugiu em seguida e só se apresentou na tarde de domingo, acompanhada do pai.

Ao prestar depoimento, ela alegou legítima defesa. "A acusada contou que conheceu a Nathália há cerca de um ano na balada, mas não tinha amizade com ela. Disse que ficou sabendo que a vítima teria tido um relacionamento amoroso com o ex-namorado dela e há pouco tempo, também começou a namorar o ex de Nathália, que teria ido até a casa dela 'acertar' as contas", contou o delegado.

"A acusada afirmou que lavava louça quando a Nathália chegou e foi para cima dela com uma faca. As duas iniciaram uma luta e a adolescente acabou golpeando a jovem de 18 anos várias vezes", completou o delegado ao comentar que a acusada negou que tivesse partido para cima da mãe e da irmã quando elas chegaram na casa e presenciaram o crime.

A menor de idade está com a mão direita infeccionada devido aos cortes de faca, prestou depoimento e foi liberada porque não estava na situação de flagrante. O caso agora vai ser investigado pela DAIJI (Delegacia de Atendimento à Infância, Juventude e Idoso) que vai apurar a versão da acusada e ouvir possíveis testemunhas.

Sicredi faz doação para reformas de quartos no Lar do Idoso de Dourados
A agência Integração do Sicredi de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - fez a doação de recursos para a reforma de 14 quartos no L...
UFMS oferece 16 vagas para professor de nível superior em Três Lagoas
Será aberto no próximo dia 1º de janeiro pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) as inscrições para preencher 16 vagas para professore...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions