ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 21º

Interior

Agência antidrogas destrói pista usada por traficantes na fronteira

Segunda fase da Operação Ypané voltou hoje à base do tráfico no departamento de Amambay

Por Helio de Freitas, de Dourados | 09/05/2024 09:29


A Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai destruiu com explosivos, nesta quinta-feira (9), uma pista clandestina usada por narcotraficantes na fronteira com Mato Grosso do Sul. A ação faz parte da segunda fase da Operação Ypané, deflagrada em março deste ano para desmontar base do tráfico instalada na fazenda de mesmo nome, na Colônia Cerro Guazú, departamento de Amambay.

No dia 21 de março, a Senad e o Ministério Público daquele país prenderam 12 pessoas na fazenda, pertencente ao traficante paraguaio Narciso Ayala, o “Bugão”. No hangar da propriedade foi apreendido um avião Cessna sem identificação e localizado uma espécie de bunker subterrâneo, feito de madeira, para esconder drogas, armas e dinheiro.

Hoje, com apoio da Força-Tarefa Conjunta – grupo de elite das Forças Armadas do Paraguai – os agentes antidrogas voltaram à fazenda para explodir a pista de 1.200 metros (veja o vídeo acima). O hangar também foi destruído e 18 hectares de cultivo de maconha foram incinerados.

O clã liderado por “Bugão Ayala” atua também na lavagem de dinheiro através de empresas de fachada e aquisição de bens móveis e imóveis. Em 2012, foi acusado de homicídio em Salto Del Guairá, mas ganhou direito à prisão domiciliar.

Em outubro de 2021, o clã de “Bugão” foi alvo da Operação Jerjes I, da Polícia Nacional, mas ele conseguiu escapar após vazamento de informações sigilosas. A mulher dele, o irmão e seu braço-direito foram presos naquela operação. Narciso Ayala responde a vários processos na Justiça brasileira.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias