A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Setembro de 2019

28/08/2019 10:16

Agrônomo se recusa a sair de casa e é preso por risco "potencial' de feminicídio

Homem não aceitava o fim do relacionamento e fazia ameaçava a ex de morte

Kerolyn Araújo
Agrônomo foi preso em Sidrolândia. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Agrônomo foi preso em Sidrolândia. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um engenheiro agrônomo de 61 anos foi preso na tarde de terça-feira (27) após ameaçar a ex-esposa em Sidrolândia, cidade distante a 70 quilômetros de Campo Grande. Segundo a polícia, ele apresentava ''potencial'' de feminicídio.

Conforme informações da Polícia Civil, a vítima relatou que foi casada com o agrônomo por mais de 24 anos, mas há cinco estão separados. O homem, porém, se recusava a sair de casa e ameaçava a ex de morte.

A vítima procurou a polícia e denunciou o ex-marido. Diante das ameaças, o delegado Diogo Dantas Santos, responsável pelo caso, solicitou a prisão preventiva do homem. Segundo o delegado, o teor das ameaças apresentavam sinais de possível feminicídio.

A Justiça aceitou o pedido e expediu mandado de prisão preventiva. O agrônomo foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil da cidade. 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions