ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 32º

Interior

Ao tentar esconder celular, preso fica com braço entalado em ralo por 7 horas

Renata Volpe Haddad | 18/01/2017 06:56
Detento ficou com braço preso no ralo de cela por mais de 7 horas. (Foto: Tá na Mídia Naviraí)
Detento ficou com braço preso no ralo de cela por mais de 7 horas. (Foto: Tá na Mídia Naviraí)

Alexandre Dias da Silva, 32 ficou mais de sete horas com o braço preso no ralo do banheiro da cela onde estava, após tentar esconder um aparelho celular. O caso aconteceu ontem à tarde (17) na cadeia pública de Ivinhema, distante 282 km de Campo Grande.

Segundo informações do site Tá na Mídia Naviraí, os colegas de cela avisaram a Polícia Civil depois dele ficar quatro horas com o braço entalado. Eles afirmaram que não acionaram os policiais antes, pois tentaram soltar o colega, mas não conseguiram.

A Polícia Militar foi acionada para dar apoio na transferência dos demais presos que estavam no local para outra cela, e o Corpo de Bombeiros precisou ser chamado para tirar o braço de Alexandre do ralo.

O detendo informou que prendeu o braço por estar tentando limpar o ralo, mas em volta dele, havia muita terra e pedaços de concreto e junto a isso, os policiais encontraram um celular. Para tirar o braço de Alexandre, foi necessário quebrar o chão e só depois retirar o ralo do corpo do detento. O trabalho durou mais de três horas.

Ele foi transferido para outra cela e em checagem no local, os policias constataram que embaixo do chão, já havia sido retirado muito terra, o que leva a crer que Alexandre estava cavando um túnel para fugir. A cela foi isolada.

Nos siga no Google Notícias