A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

22/06/2016 15:24

Após mortes, ministro paraguaio viaja a Pedro Juan Caballero na quinta-feira

Francisco de Vargas e o comandante da Polícia Nacional, Crispulo Sotelo, se reúnem com autoridades brasileiras às 8h30

Helio de Freitas, de Dourados
Guerra pelo controle do crime na fronteira preocupa moradores de Pedro Juan e Ponta Porã (Foto: Leo Veras)Guerra pelo controle do crime na fronteira preocupa moradores de Pedro Juan e Ponta Porã (Foto: Leo Veras)

O ministro do Interior do Paraguai, Francisco de Vargas, e o comandante da Polícia Nacional, comissário-geral Crispulo Sotelo, estarão nesta quinta-feira (23) em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã (MS) e onde está em andamento uma guerra pelo controle do narcotráfico após a execução de Jorge Rafaat Toumani, na semana passada.

O Ministério das Comunicações do governo do Departamento de Amambay confirmou hoje (22) que o ministro e o comissário-geral participam de uma reunião às 8h30 em Pedro Juan, da qual deve participar o tenente-coronel Waldomiro Centurião Machado, comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar em Ponta Porã.

Segundo o governo de Amambay (equivalente a estado) cuja capital é Pedro Juan Caballero, a presença das autoridades nacionais responde a um convite do governador Pedro Gonzalez Ramirez, numa tentativa de resolver a “situação de insegurança” criada após os fatos recentes de violência na cidade. Após o ataque a Rafaat, três homens foram executados domingo à noite em Pedro Juan.

As autoridades locais vão pedir apoio ao ministro do Interior para a criação do conselho de segurança internacional envolvendo órgãos de segurança dos dois países, cuja criação foi proposta ontem na Câmara de Vereadores de Ponta Porã.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions