A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

21/03/2016 07:57

Após ser estuprada por duas horas, mulher reage e esfaqueia agressor

Renata Volpe Haddad
Homem usou arma de brinquedo para intimidar a ex-mulher. (Foto: Angela Bezerra/ Edição de Notícias)Homem usou arma de brinquedo para intimidar a ex-mulher. (Foto: Angela Bezerra/ Edição de Notícias)

O entregador Vantuir Oliveira Costa, 36, foi encontrado totalmente nu, coberto de sangue e caído na calçada em frente da residência da ex-mulher, uma cozinheira de 37 anos. Ele é acusado de ter estuprado a cozinheira por quase duas horas, que conseguiu se livrar da violência, após pegar duas facas e agredir o homem. O caso aconteceu na noite de domingo (20) no bairro Santa Maria, em Coxim, distante 260 km de Campo Grande.

Segundo informações do site Edição de Notícias, a mulher relatou que estava separada de Vantuir há uma semana e que por volta de 16h, ele invadiu a residência da cozinheira e estava armado.

O homem começou a agredir e estuprar a ex-mulher por quase duas horas, até que ela conseguiu se livrar dele, pegar duas facas na cozinha e se defender. A cozinheira contou ainda que entrou em luta corporal com Vantuir e o golpeou com facadas para se libertar.

Ainda conforme o Edição de Notícias, quando conseguiu fugir, ela pediu ajuda na casa do vizinho, que mora aos fundos. A mulher estava sem roupas e com as facas na mão, implorando por socorro.

O agressor foi encontrado por populares caído na calçada. A Polícia Militar foi acionada e Vantuir resgatado pelo Corpo de Bombeiros e SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Em estado grave e com diversos cortes em várias partes do corpo, ele foi encaminhado para o Hospital Regional Álvaro Fontoura, onde será submetido à cirurgia.

Com um corte no braço esquerdo e completamente abalada, a mulher também foi encaminhada pelos policiais ao hospital para atendimento médico.

Além da Polícia Militar, a Rotai (Rondas Ostensivas e Táticas do Interior), investigadores da Polícia Civil, a delegada Sandra Regina Simão de Brito e uma equipe do Núcleo Regional de Perícias também trabalharam no local.

Os peritos localizaram as facas assim como a arma de brinquedo usada por Costa para intimidar a ex-mulher. Eles também verificaram que havia sangue em quase os todos os cômodos da residência, principalmente no quarto, onde também haviam sinais de luta.

Familiares e amigos da cozinheira contaram que as discussões entre o ex-casal são constantes porque Costa não aceita a separação.

Polícia carioca pede extradição de traficante preso no Paraguai
A extradição do traficante Marcelo Fernando Pinheiro Veiga, o Marcelo Piloto, preso na cidade de Encarnación, no Paraguai, perto da fronteira com Mat...
Uems recebe inscrições em seleção para cursos de Educação à Distância até dia 22
Seguem abertas até 22 de dezembro as inscrições no processo seletivo de cursos de graduação e pós-graduação, na modalidade EaD (Educação à Distância)...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions