A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Agosto de 2019

20/12/2018 08:05

Assassino de namorada e filha é denunciado por crime triplamente qualificado

Uma das qualificadoras é o feminicídio, quando a morte de uma mulher ocorre por questão de gênero

Aline dos Santos
Marcos está preso na Penitenciária Estadual de Dourados. (Foto: Direto das Ruas)Marcos está preso na Penitenciária Estadual de Dourados. (Foto: Direto das Ruas)

O MP/MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) denunciou Marcos Fioravanti Neto, 22 anos, por dois homicídios triplamente qualificados. Ele confessou as mortes da namorada Maiana Barbosa de Oliveira, 20 anos, e de Dandara, filha do casal que tinha um mês de vida. Os crimes foram no mês de novembro, em Dourados.

O processo tramita sob sigilo, mas, conforme a promotoria, os crimes tiveram as seguintes qualificadoras: motivo torpe, por meio de recurso que impossibilitou a defesa da vítima e feminicídio.

Aluna do primeiro ano do curso de história da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), Maiana praticava capoeira e tinha atuação em defesa das minorias e contra o racismo.

Depois de matar a namorada e filha, na noite de 25 de novembro, Marcos contou ter fugido de bicicleta para Vicentina, a 50 km do local do crime. Lá, furtou uma motocicleta e chegou a Glória de Dourados.

No dia seguinte, 26 de novembro, ele tentou assaltar uma idosa para abastecer a moto e continuar a fuga, mas foi dominado por testemunhas e entregue à polícia. Preso, confessou que primeiro asfixiou Maiana até ela desmaiar e depois a golpeou no pescoço.

Marcos afirmou ter pensado em ficar com a filha, mas sabendo que seria preso e a criança ficaria sozinha, decidiu também matá-la a golpes de faca. Nos depoimentos, apresentou motivos desconexos para o crime bárbaro e a família informou que o jovem sofre de distúrbios psiquiátricos. Ele está preso na PED (Penitenciária Estadual de Dourados).

Crime de ódio - Para um feminicídio, soma-se uma morte violenta de mulher com razões de gênero. Ou seja, manifestação de desprezo ou ódio contra o feminino; tratamento como objeto sexual; limitação à emancipação profissional, econômica, social ou intelectual da mulher.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions