A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

16/09/2013 12:34

Autorizada pelo MEC, UFGD abre mais 30 vagas em curso de Medicina

Aline dos Santos

Com autorização do MEC (Ministério da Educação), a UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) aumentou de 50 para 80 a oferta de vagas no curso de Medicina. O aumento de 30 vagas já consta no vestibular da instituição, que recebe inscrições até 18 de outubro.

Nesta segunda-feira, foi publicada no Diário Oficial da União a portaria aumentando as vagas. O documento é assinado pelo secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior, Jorge Rodrigo Araújo Messias.

De acordo com a assessoria de imprensa da UFGD, 40 aprovados no vestibular começam o curso de Medicina no primeiro semestre de 2014. A outra metade inicia o ano letivo no segundo semestre do próximo ano.

Em junho de 2012, o MEC anunciou que iria dobrar a oferta de vagas em Medicina no Estado, passando de 110 para 220. A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) de Campo Grande, que oferecia 60 vagas, foi autorizada a ter mais 20. Na unidade da UFMS em Três Lagoas, o curso foi criado com 60 vagas.

UFGD abre inscrições de 2.215 vagas para o vestibular 2014
A Universidade Federal da Grande Dourados abriu, nesta segunda-feira (9), inscrições para o vestibular 2014. São 2.215 vagas divididas entre 34 curso...
Condutor foge após capotar veículo com 255 kg de maconha às margens de rodovia
Policiais rodoviários estaduais apreenderam um veículo carregado com aproximadamente 255 kg de maconha, no início da tarde de ontem (21), em Amambaí,...


Então vc entra aqui na pagina mostrando a abertura de mais vagas de medicina pra ajudar a população, pra falar mal dos médicos? Um cara que enfrenta um vestibular ferrado, passa 6 anos estudando, ralando em hospital publico e atendendo SOMENTE sus? Pare de julgar uma profissão inteira por conta de alguns e, principalmente, pare de acreditar no que o governo diz. E pare de postar preconceito que isso não estimula ninguém a melhorar.
 
Mel Farias em 17/09/2013 06:30:02
Não duvido da qualidade profissional dos médicos formados no Brasil, infelizmente, a maioria deles são arrogantes, pretensiosos e nada humanos. Não querem estrangeiros no país, mas também não querem atender ele todo. Sacrificam a saúde do brasileiro e prol dos interesses profissionais. Lamentável.
 
Maurílio Barbosa em 16/09/2013 12:46:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions