A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

03/02/2011 19:30

Bando preso pela PF conseguia desconto na compra de armas e drogas

Jorge Almoas

Oito pessoas foram detidas com 217,5 quilos de cocaína

A cocaína estava escondida em casa na área central de Corumbá (Foto: Divulgação PF)A cocaína estava escondida em casa na área central de Corumbá (Foto: Divulgação PF)

A Polícia Federal de Corumbá prendeu oito pessoas nesta quinta-feira dentro da Operação Liquidação e desbaratou uma quadrilha especializada em tráfico internacional de drogas e armas. Com o bando, foram recolhidos 217,5 quilos de cocaína.

De acordo com o Diário Online, a droga estava escondida em uma casa na Rua Cabral, na área central de Corumbá.

Segundo a investigação da Polícia Federal, a quadrilha era responsável por encaminhar drogas e armas a partir de Mato Grosso do Sul para as regiões Sudeste e Nordeste do Brasil.

A apuração das informações pelos agentes federais durou mais de sete meses e descobriu que os armamentos e entorpecentes entravam no Brasil por Corumbá, na fronteira com a Bolívia.

Durante a investigação, a PF recolheu 13 revolveres, vários fuzis, uma metralhadora antiaérea e mais de 10 mil munições.

Além da imensa quantidade de cocaína apreendida hoje, foram localizadas uma arma de fogo e cinco caixas de munição, algumas delas de uso restrito.

Entre as oito pessoas detidas hoje está um dos maiores traficantes de armas do país, que estava instalado em Corumbá. O homem era responsável pela articulação e comando da rota do tráfico.

O nome da operação – Liquidação – se deve ao fato da quadrilha do Rio de Janeiro e São Paulo ter se instalado em Corumbá para conseguir descontos nos preços das armas e drogas, por adquirir o material ilícito na região de fronteira.

Os oito presos serão indiciados pelos crimes de tráficos internacionais de armas e drogas e formação de quadrilha. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados pela PF.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions