A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

30/04/2014 08:15

Bebê morre depois de ser derrubado de cama pelo padrasto

Viviane Oliveira
Rogério foi preso em flagrante por homicídio. (Foto: S.Bronka)Rogério foi preso em flagrante por homicídio. (Foto: S.Bronka)

O ex-presidiário Rogério Avelino, 31 anos, é acusado de matar o enteado de um ano e meio na noite de ontem (30), na Rua André Gomes Brandão, no Jardim Santo André, em Dourados, distante 233 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o site Dourados Agora, o acusado e a mãe da criança, de 18 anos, haviam brigado. Ele teria derrubado o bebê acidentalmente do carrinho. Depois da confusão, os dois fizeram as pazes e o homem pediu à mulher que fosse ao mercado comprar algo para ele. Quando a jovem saiu, o bebê que havia ficado com outra criança sob os cuidados do padrasto, passou a chorar.

Rogério então levou o bebê para o quarto e tentou fazê-lo parar de chorar. Como a criança não parava, ele pegou um travesseiro e começou a bater no enteado, que acidentalmente caiu da cama e ficou desacordado.

À Polícia, o acusado disse que tentou reanimar o enteado fazendo respiração boca a boca, mas sem sucesso. Quando a mãe da criança retornou do mercado, encontrou o bebê desacordado. Desesperada, ela pediu ajuda do vizinho que colocou a criança no carro e encaminhou para uma unidade hospitalar de Dourados.

Um policial militar que estava no local percebeu a situação e em contato com o médico, foi informado que a criança estava morta e que, possivelmente teria sofrido agressões. O corpo do bebê apresentava lesões, principalmente, na cabeça. A mãe da criança será ouvida como testemunha.

O ex-presidiário foi preso e autuado em flagrante por homicídio. A Conforme a polícia, a jovem de 18 anos, mãe do bebê, estava morando com o acusado há cerca de quatro meses. Esse é o terceiro caso que ocorreram nos últimos meses no município. Os acusados foram presos.

Detran abre inscrições para passeios ciclísticos no interior de MS
O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) abriu hoje (21) as inscrições para os passeios ciclísticos da Semana Nacional d...
UFGD encerra amanhã evento que apresenta carreiras a 2 mil alunos
A UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) encerra nesta sexta-feira (22) o evento “FaculdadeAberta”. No total, cerca de 2 mil alunos do 3º ano...



É camarada, espero do fundo do meu coração que você pague muito caro por isso, não só pela justiça da terra, mas também pela Justiça Divina. Monstro!
 
Fabiana Gois da Rocha Marinho em 30/04/2014 15:35:36
Isso que é "rapidez" na solução de um crime. A criança caiu da cama e POSSIVELMENTE sofreu agressões e na demora do socorro essa veio a falecer. O pai por ser EX-PRESIDIÁRIO foi preso em flagrante pelo crime de homicídio. Fácil,né? E a mãe? Virou testemunha e não suspeita...Cuidado ex-presidiarios que hoje está reabilitado: se houver um crime nas suas proximidades, você pode ser preso e indiciado mesmo inocente e sem investigações policiais
 
Samuel Gomes em 30/04/2014 11:50:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions