ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Bebê prematura abandonada em Sete Quedas deverá ir para adoção

Menina que nasceu de 26 semanas está no HU de Dourados e caso mãe ou outro familiar não sejam identificados, poderá ser adotada

Lucia Morel | 14/05/2020 19:23
Bebê foi encontrada jogada no mato dentro de bolsa. (Foto: Educadora 91 FM)
Bebê foi encontrada jogada no mato dentro de bolsa. (Foto: Educadora 91 FM)

A bebê prematura abandonada em Sete Quedas no dia 2 de maio continua internada no HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) e deve ser encaminhada para adoção caso a mãe ou outro familiar seja identificado.

O Campo Grande News relatou o caso no dia 5 de maio, quando a Polícia Civil informou que a principal linha de investigação do caso, indicava que mãe deveria ser paraguaia, moradora da cidade vizinha a Sete Quedas, Pindoty Porã.

Hoje, a conselheira tutelar do município sul-mato-grossense, Roseny Skulny, disse que até o momento não se conhece a identidade da genitora da criança e  nenhum parente procurou a menina que nasceu prematura de 26 semanas. “Ela ainda vai continuar internada para ganhar mais peso”, informou.

O caso está sendo acompanhado pelo município, que já levou a situação para a Justiça. Assim, caso ninguém seja identificado como responsável biológico pela neném, ela deverá ser encaminhada para adoção, dentro dos regimes legais.

“Nesse caso, quando receber alta, a menina deverá vir para um abrigo em Sete Quedas e se realmente a mãe não aparecer, vai para adoção para ser adotada pelas pessoas já cadastradas na fila”, detalhou. Segundo a conselheira, o quadro de saúde da bebê é estável.

Nos siga no Google Notícias