ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  01    CAMPO GRANDE 31º

Interior

Briga após dia de trabalho termina com funcionário de fazenda morto

Suspeito seria prestador de serviço e fugiu em motociclista, veículo foi apreendido, mas ele ainda está sendo procurado

Por Liniker Ribeiro | 28/10/2020 17:10
Viatura do 11º Batalhão de Polícia Militar de Jardim (Foto: O Pantaneiro)
Viatura do 11º Batalhão de Polícia Militar de Jardim (Foto: O Pantaneiro)

Homem, de 32 anos, morreu após ser baleado por colega em fazenda no interior da cidade de Jardim, a 233 quilômetros da Capital, na noite de ontem (27). Conforme a Polícia Civil, o crime aconteceu durante momento de confraternização após dia de trabalho. Vítima e suspeito, de 38 anos, prestavam serviço ao proprietário do local.

Segundo a delegada Allana Mariele, responsável pelo caso, após atirar contra a vítima, o autor fugiu em uma motocicleta. O veículo foi localizado e apreendido após diligências, enquanto o autor, já identificado pela polícia, segue sendo procurando.

O funcionário morto, que seria de aldeia indígena na cidade de Aquidauana, a 135 km de Campo Grande, havia sido transferido recentemente para a fazenda onde o crime aconteceu, tendo trabalhado antes em propriedade do mesmo dono, no Pantanal.

Já o suspeito, conforme a polícia, prestaria serviços para reforma da fazenda. A suspeita é de que os envolvidos tenham discutido instantes antes do assassinato.

Após ser acionada, equipe da Polícia Militar encontrou a vítima já sem vida na varanda da fazenda. No local, um homem, de 59 anos, afirmou que estava na propriedade quando tudo aconteceu, porém, apenas escutou os tiros, não tendo mais encontrado o autor dos disparos.

Com ele, uma arma calibre .38 foi apreendida, segundo o site O Pantaneiro, por isso, foi dado voz de prisão por posse ilegal de arma. Na residência, dentro de um guarda-roupas, uma espingarda calibre .22 também foi apreendida.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário